Armando Babaioff
Reprodução/Instagram
Armando Babaioff


Armando Babaioff  também usou as redes sociais para se posicionar contra a atitude do presidente Jair Bolsonaro (PL) em desconsiderar o  projeto que levava o nome de Paulo Gustavo e previa repassar R$ 3,8 bilhões para o setor cultural em todo o Brasil.

"Tem dinheiro para tudo nesse governo. Para cartão de crédito corporativo, viagens, orçamento secreto, propina de pastores, leite condensado, só não tem para cultura", ironizou o  intérprete de Diogo, da novela "Bom Sucesso", a respeito das acusações imputadas a Bolsonaro.


Ao desautorizar a proposta, o chefe do Estado argumentou "contrariedade ao interesse público", já que o texto criava uma despesa sujeita ao teto de gastos dos órgãos públicos e não apresentava formas de compensação. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (6) no Diário Oficial da União.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários