Jair Bolsonaro e Leo Jaime
Reprodução/Instagram
Jair Bolsonaro e Leo Jaime


"Depois que o ranço se instala, meu amor, não tem cura." A frase é um tuíte de Anitta, uma das famosas que aderiu à gíria que está nas redes sociais, mas pode muito bem ser usada para ilustrar a forma como  Leo Jaime enxerga o presidente da República.  Para ele, o chefe do Executivo "é completamente destituído de talento. Não sabe fazer nada! Nada! Passar manteiga no pão? Pode ser. Mas eu duvido".

A resposta foi endereçada à Bárbara Gancia, ex-apresentadora do programa "Saia Justa", do canal GNT, que fez uma reflexão, seguida de um questionamento: "O mais incrível é que 57 milhões de pessoas conseguiram votar numa criatura que não tem nenhuma, mas nenhuma mesmo, qualidade que a gente possa enumerar. Pense numa coisa boa a respeito do Bolsonaro. Eu não consigo, nem usando de boa vontade e criatividade. Juro. Não me vem nada".


Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que eles provocam a reação da direita. Em junho, a jornalista foi acusada de racismo pelo deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) após chamar de "macacada" os eleitores que participaram da manifestação de apoio ao governo, em São Paulo.

"Vem cá: hoje é Dia dos Namorados, e esse monte de macaco prefere sair para dar um rolê de moto com o Bozo (muitos na garupa de macho) a ficar com a esposa ou namorada? Enrustidos!", disparou na ocasião.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários