Amanda Françozo
Divulgação/TVAparecida/Juan Ribeiro
Amanda Françozo


No próximo dia 7, às 20h, o "Revelações Brasil" estará no ar, na TV Aparecida. O reality, cuja final acontecerá em junho, terá sua terceira temporada comandada por Amanda Françozo. Antes voltado apenas para o sertanejo, o programa, dirigido por Felipe Pontes, agora vai receber candidatos de todos os segmentos e trará duas novas juradas para se juntarem ao maestro Rodrigo Costa na bancada: Thaeme e Adryana Ribeiro.

A fim de saber mais sobre a atração, o modo como a apresentadora — que tem passagem por SBT, RecordTV, TV Gazeta e RBTV — vem lidando com as restrições necessárias por causa do novo coronavírus e o papel materno da fofa Vitória, de apenas um ano e meio, batemos um papo com ela. Ah, e Amanda ainda fez uma revelação bacana acerca de sua vida pessoal. Vem com a gente!

1. Fale um pouco da mudança de "Revelações Sertanejo" para "Revelações Brasil".  

O "Revelações" é a junção de tudo que gosto: música — pois foi com ela que sempre trabalhei em vários programas e emissoras —, jurados, estrutura, enfim, um todo. Tínhamos muitos pedidos para essa abrangência de estilos: rock, samba, MPB e também o sertanejo, que eu adoro. O cenário está lindo e também fica incrível no vídeo; os jurados novos; uma cadeira rotativa no júri; e uma equipe ótima. 

Amanda Françozo
Divulgação/TVAparecida/Juan Ribeiro
Amanda Françozo


2. Você está no projeto do reality musical nessas três edições. O que mais a deixa impressionada nas audições?  

Você conhece muitas histórias de vida, gente interessante e um pouco da cultura e da tradição do país. Além disso, se emociona com tudo que vê de participantes de todos os cantos do Brasil.

3. Algum caso curioso que ocorreu nas gravações chamou sua atenção? 

Fico com dó quando os candidatos esquecem a letra. Teve um caso de um rapaz, que estava indo bem e cantou o "Cio da Terra". Aí começou a recitá-la, mas, de tão nervoso, se emocionou, chorou e parou no meio da música. Esse marcou muito. Ficamos com pena, porque era um candidato em potencial, que tinha tudo para se dar bem.

 4. Qual é sua expectativa para essa terceira temporada?  

Tivemos muitos ganhos nessa temporada, e isso vai refletir para os espectadores. Tenho certeza de que, de cada canto do país, o público vai gostar das mudanças, principalmente que agora é "Revelações Brasil". Por tudo isso, este ano será ainda mais especial.

Você viu?

5. Você, além do "Revelações Brasil", tem o "De Papo com Amanda Françozo", que, por conta do reality, deu uma parada. Quando retoma e quais os entrevistados já programados?

O "De Papo" entrou na programação para que eu não ficasse fora da grade, já que o "Revelações" contava com muita gente, e, devido à pandemia, no ano passado, a direção optou por não produzi-lo. Decidiram, então, por um programa que tivesse mais segurança, só com um entrevistado, e veio o "De Papo com Amanda Françozo". Agora, sobre a retomada, o que posso dizer é que o reality vai ao ar até junho, e, se o "De Papo" volta após isso, é uma decisão dos diretores do canal.

6. Com relação à pandemia, o que mudou no seu dia a dia?  

Mudou tudo, né? O nosso ritmo, os eventos, que eu fazia muito, pararam, mas fiz alguns on-line... E, no dia a dia, também mudou. A gente já não faz muitas coisas, como unha, que saía para fazer e agora faço em casa. Tenho uma filha de um ano e meio, a Vitória, então isso teve interferência, pois ela está crescendo mais sozinha, sem o convívio com outras crianças ou com a minha família. Acho que isso é desafiador para mim. Queria que eles acompanhassem o crescimento dela, mas infelizmente não está sendo possível. Porém, quando essa fase passar, vamos compensar tudo isso. Outra mudança é que agora uso a praça e faço caminhada no bairro onde moro para me exercitar, em vez de ir para academia, enfim...


7. O que mais quer fazer quando tudo isso passar?

Em primeiro lugar, voltar ao meu trabalho normal, retomar os meus eventos, as gravações de forma normal, com mais segurança e a cabeça mais tranquila. Viajar, levar essa menina para conhecer outros lugares, como a Disney, voltar a viver (risos).

Amanda Françozo
Divulgação/TVAparecida/Juan Ribeiro
Amanda Françozo



8. Em agosto, a Vitória completa dois anos. O que mudou na sua vida com a chegada dela?  

A maternidade mudou muito a minha vida! Mudou minhas prioridades, vontades, afazeres, expectativas... Também me acalmou, me tornou mais amorosa, serena, tranquila e ponderada, porque sempre fui impulsiva. Ela me trouxe uma questão de refletir sobre as decisões e priorizar a minha filha no jogo todo, como ir ao shopping e pensar em comprar coisas para ela, e não para mim. Você deixa de ser egoísta e passa a ser mais carinhosa, a olhar mais para o outro, a entender tua mãe, tua criação. A maternidade me trouxe vida, luz e outras prioridades. E também a pensar no futuro dela, formando-a, educando-a para que se torne uma pessoa feliz, segura e decidida. 

9. Você tem planos para engravidar de novo?  

Não tenho planos de engravidar novamente na configuração de vida que tenho hoje. Se as coisas mudarem, o futuro a Deus pertence. Devido aos nossos trabalhos, eu e o pai da Vitória moramos em casas separadas: eu em São Paulo, e ele no interior. Não temos um formato de vida tradicional; se tivéssemos, teria outro filho, sim. 

10. Já pensou em adoção?

Posso vir a adotar mais para frente, sim, não descarto essa possibilidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários