Nova temporada do Ilha Record fez a emissora faturar muito mais que no ano passado
Reprodução/Instagram
Nova temporada do Ilha Record fez a emissora faturar muito mais que no ano passado


A Record está em plena comemoração com o sucesso comercial do Ilha Record 2, principalmente por conta das adesões que surgiram nos últimos dias. Além de Embelleze e Havan, a emissora vendeu cotas de patrocínio master para a Nivea e para a SBP. No total, já entrou R$ 130 milhões nos cofres da rede de Edir Macedo .


A coluna havia publicado com exclusividade no final de junho que a Record tinha vendido as cotas master para Embelleze e Havan, as mesmas empresas que patrocinaram o reality no ano passado. Juntas, elas já tinham garantido R$ 65 milhões ao caixa da emissora.

Ambas tiveram que assinar cheques mais polpudos neste ano. Cada uma teve que pagar a quantia de R$ 32.715.458,00. Juntas, fizeram a Record faturar a bagatela de R$ 65.430.916,00. Agora, com a chegada da Nivea e da SBP, este valor duplicou, chegando a R$ 130.861.832,00.

"Nosso produto foi reconhecido. Tive a oportunidade de estar com ela [Mariana Rios] em um evento com mais de 150 empresários. E o retorno e a procura pelo formato foram muito positivos", disse Alarico Naves, diretor comercial da Record.

Pegação

A Ilha Record está pegando fogo. Não somente por conta das disputas, mas pelo clima de pegação entre os participantes. E quem entregou que as movimentações por baixo do edredom foi o próprio diretor do reality show.

"Tem alguns que são os famosos pegadores, então a gente já sabe que alguma coisa vai acontecer. E acontece logo. Não demora muito, então vejam desde o começo", avisou Rodrigo Carelli.

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários