Zé Neto enfrenta crise após criticar Anitta
Reprodução/ Instagram
Zé Neto enfrenta crise após criticar Anitta

Após criticar Anitta e a Lei Rouanet, o cantor sertanejo Zé Neto, da dupla com Cristiano, deixou um comentário na live do Gusttavo Lima, na última segunda-feira (30), revelando a crise que está enfrentando na carreira.

"Cara, eu que tenho que dar satisfação, sou eu, irmão, estou atravessando uma fase ruim, não precisa se explicar, joga para mim, não tem nada a ver com você", comentou.

A live de Gusttavo Lima também foi um desabafo para os fãs. Depois que Zé Neto criticou a Lei Rouanet, o Ministério Público começou a investigar alguns cantores que recebem cachês altos em shows que são patrocinados por prefeituras.

O cantor, por enquanto, foi o alvo principal das investigações, com pelo menos três apresentações em análise, e desde então vem recebendo críticas do público. 

Gusttavo falou com os fãs por mais de vinte minutos, alegou ser inocente e se emocionou ao relembrar sua trajetória. "A minha vida foi sempre trabalhar, fiz quase 300 shows em 2019. Não compactuo com uso de dinheiro público, tenho meus impostos em dia", afirmou. 

"Não é por ser uma prefeitura que eu vou deixar de cobrar o meu valor. Eu também tenho minhas contas para pagar. Não é por fazermos música que precisamos receber menos", declarou em live com mais de 86 mil internautas acompanhando. 

O cantor recebeu apoio de diversos cantores sertanejos como Lucas Lucco e Israel Novaes, além de Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. "Fique firme, meu irmão! Você é um cara do bem! Deus proverá!", respondeu o político.

Ainda na live, Gusttavo negou seu apoio ao presidente e comentou sobre um episódio em que o helicóptero de seu frigorífico homenageou o Bolsonaro: "Gente, o helicóptero não é meu, é do meu sócio. Ele tem a opinião política dele e ele faz da vida dele o que ele quiser. Uma coisa sou eu fazer e outra coisa é ele. Isso não diz respeito a minha opinião política", afirmou. 

Zé Neto, Anitta e Lei Rouanet

Durante um show na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, o cantor afirmou que não depende da Lei Rouanet. "Estamos aqui, no Mato Grosso, um dos estados que sustentou o Brasil durante a pandemia. Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet", declarou. 

No mesmo show, Zé Neto ironizou uma tatuagem da Anitta: "O nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no 'toba' pra mostrar se está bem ou mal. A gente simplesmente vem aqui e canta", continuou.

Mesmo com o público criticando, Zé Neto apareceu no Instagram e mostrou que não se arrependeu das declarações. Em uma caixinha de perguntas, um fã perguntou se ele estava sendo atacado por conta da fala feita durante o show e ele respondeu alegando que quando bebe, acaba falando muita verdade.

"Cara, na realidade é assim. Eu tenho um defeito muito grande quando eu bebo: falo muito verdade", respondeu. A Anitta não chegou a se pronunciar na época, mas após as investigações começarem a ganhar visibilidade, a cantora comentou sobre o ocorrido no Twitter: "E eu pensando que estava só fazendo uma tatuagem no tororó", publicou. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários