Edgard Piccoli apresentou Morning Show por oito anos
Reprodução/YouTube
Edgard Piccoli apresentou Morning Show por oito anos

Um dos nomes mais fortes dos tempos áureos da MTV, o apresentador Edgard Piccoli revelou que já estava ficando doente apresentando o Morning Show, da Jovem Pan. A atração, que inicialmente era focada no entretenimento, passou a abordar o cenário político. E ele viu sua saúde mental ir pelo ralo.  





"Aquilo foi minando o nosso programa. O programa foi cada vez deixando de ser um programa de puro entretenimento e passou a gastar um tempo maior nas decisões políticas. E esses embates aconteceram e foram cada vez mais se acalorando e se avolumando no programa", explicou Edgard ao jornalista Michael Keller, do PodCringe, canal de videocast da Record.

Leia Também

O apresentador também afirmou que não houve acordo com a direção da emissora, que simplesmente abriu mão de tê-lo no programa. Além disso, comentou que não tinha mais forças para comandar o Morning Show.

"Chegou um ponto em que eu estava doente. Por mais força que você tenha, chega uma hora que você quer outra coisa da vida. Eu não preciso mais disso", desabafou.

Ainda ao PodCringe, Piccoli contou diversas histórias sobre os mais de 30 anos de carreira e comentou sobre o início da sua vida na televisão, quando apresentava um programa na rádio 89 FM pela manhã e, à tarde, entrava ao vivo nos estúdios da MTV. E afirmou que a emissora recém-inaugurada, foi uma guinada incrível para sua carreira, porque conseguiu juntar o que já era apaixonado (música), com a função do apresentador.

"Eu estava vivendo o sonho de qualquer jovem e pós-adolescente daquela época", conta o ex-VJ. A entrevista de Edgard Piccoli ao PodCringe está disponível no canal do Domingo Espetacular no YouTube, no portal R7.com e no PlayPlus, serviço de streaming da Record TV.

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários