Antônia Fontenelle chorando
Reprodução/Instagram
Antônia Fontenelle chorando

Antônia Fontenelle  é esperada na tarde desta quinta-feira, na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro do Rio, para depor em inquérito aberto pela delegada Marcia Noeli Barreto, que apura a denúncia de xenofobia da atriz Giselle Itié contra a influenciadora digital.

Giselle fez a denúncia após Antônia mandar publicamente a atriz voltar para o seu país de origem. Ela é mexicana.

Fontenelle já havia sido intimada para prestar seu depoimento na última segunda-feira, mas a youtuber não compareceu. O advogado dela, no entanto, esteve na delegacia para se inteirar do caso , já que até então não tinha tido acesso à queixa-crime da atriz.

Você viu?

A nova data do depoimento de Antônia Fontenelle era para ser segredo, mas ainda bem que quase ninguém lê esta humilde coluninha.

A briga entre as duas teve início após Giselle Itié se solidarizar com as acusações de assédio de Dani Calabresa contra Marcius Melhem e a atriz ter revelado que ela própria já havia sido vítima de assédio sexual, quando tinha 23 anos, pelo diretor de uma novela da qual participava.

Embora não tenha dito nomes, na ocasião citada por Giselle, ela fazia uma novela dirigida por Marcos Paulo, ex de Antônia, que recebeu as acusações com muita indignação.

"Um monte de amigos me mandando mensagens de matérias com uma atriz, que já passou pela TV Globo, se perfazendo de um assunto muito sério, que é o que a Dani Calabresa está passando neste exato momento. Desgosto. Triste saber que existem mulheres como você, dona Giselle. Volta para o seu país, é o melhor que você faz".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários