Flordelis e Antonia Fontenelle
Reprodução/Instagram
Flordelis e Antonia Fontenelle


Antonia Fontenelle é mesmo do tipo que não leva desaforo para casa e, nesta quarta-feira (3), deu mais uma prova de seu jeito "pavio pronto a ser detonado" de ser. Ao ler a notícia de que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ),  apontada como mandante do assassinato do marido em 2019,  poderia assumir a titularidade da Secretaria da Mulher na Câmara, a atriz e apresentadora do "Na Lata" acordou pelas tamancas, como fez questão de frisar em suas redes sociais. Sobrou até para Arthur Lira, Rachel Sheherazade e o seu compadre Leo Dias.   

"Ah, meu amor, mas, olha, fiquei para morrer. Liguei para Brasília e falei com umas pessoas e descobri que é fake news e saiu do Metrópoles. E um passarinho azul me contou que quem está fazendo essas notinhas mentirosas no portal se chama Rachel Sheherazade. Ô Leo Dias, você a indicou para ficar inventando história para atrapalhar o governo, para atrapalhar uma coisa que já está bem confusa? As pessoas estão empenhadas em melhorar. Peça para sua amiguinha trabalhar com a verdade", declarou ela por meio do Instagram Stories.

Antes, porém, explicou o motivo da sua indignação. "Situações como essa me fazem ter vergonha de ser brasileira. Essa mulher tinha que ser cassada e estar presa. Inaceitável, inadmissível e imoral esse foro privilegiado. Vergonha", protestou. Depois, questionou Arthur Lira, do PP de Alagoas, o novo presidente da Câmara, sobre a foto na qual aparece ao lado de Flordelis. "Espero que não seja recente, do contrário, vou me dar ao luxo de pensar o que quiser a seu respeito".   

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários