Tamanho do texto

Carlos Henrique Schroder também passava por uma cirurgia no mesmo local e pediu para ficar longe do ator; comercial da Netflix pode ter gerado climão

Esta coluna anunciou, na última sexta-feira (13), que Bruno Gagliasso se internou no Copa Star, no Rio de Janeiro, onde passou por uma cirurgia de retirada de um nódulo na tireoide. Pois bem, na ocasião, por pouco o ator não se envolveu em um climão no hospital.

Leia também: Fora da Globo, Bruno Gagliasso ironiza novelas e "Surubão de Noronha"; assista

Bruno Gagliasso arrow-options
Divulgação/TV Globo
Bruno Gagliasso

É que, além de Bruno Gagliasso , quem também estava internado na unidade era o diretor geral da Globo , Carlos Henrique Schroder. O todo poderoso da emissora esteve por lá para uma cirurgia de correção das pálpebras que estavam atrapalhando sua visão.

Leia também: Globoplay debocha da ida de Bruno Gagliasso para a Netflix

A coluna soube que houve uma mobilização dentro do hospital para não deixar que Gagliasso e Schroder se esbarrassem pelos corredores. Dizem as más línguas da unidade que evitar que os dois se encontrassem foi um pedido do próprio diretor. É que não desceu na garganta de Schroder e da alta cúpula da emissora o deboche do ator em um vídeo de divulgação da Netflix, plataforma com a qual ele mantém um contrato atualmente.

Carlos Henrique Schroder arrow-options
Divulgação
Carlos Henrique Schroder

Leia também: Thiago Gagliasso desabafa sobre Bruno: “Não precisamos ser melhores amigos”

No vídeo, Bruno Gagliasso , que deixou a Globo no mês passado, aparece em uma "entrevista de emprego" com o ator Pedro Alonso, que interpreta Berlim de "La Casa de Papel", e diz que topa fazer qualquer coisa na Netflix , desde que não seja novelas. Após a provocação, a o canal respondeu em tom de ironia. "Ufa! Está liberado fazer séries e novelas por aqui. A boa notícia é que eu tenho os dois".