Tamanho do texto

Com uma extensa carreira na televisão e trabalhos no cinema, a atriz contribuiu para o audiovisual. Além disso, a coluna Bastidores traz detalhes dos shows de Xuxa e Air Supply em São Paulo e da novela "Jesus" em Angola

O Cine PE – Festival do Audiovisual chega a sua 23ª edição e, este ano, uma das homenageadas é a atriz Drica Moraes. Ela receberá o troféu Calunga de Ouro no dia 3 de agosto em uma solenidade que acontecerá no Cinema São Luiz. O festival acontecerá entre os dias 29 de julho e 4 de agosto.

Leia também: Livro de Aziz Ahmed traz o último depoimento de Ricardo Boechat

Drica Moraes
Divulgação/Cine PE
Drica Moraes será homenageada em Cine PE

Drica Moraes , ou Adriana Moraes Rego Reis, é uma atriz conhecida do grande público por somar trabalho na televisão e no cinema. Ela é filha de um arquiteto de uma dona de casa e possui sete irmãos, mas é a única que seguiu carreira como atriz. Sua estreia na televisão aconteceu em 1986 em um episódio de “O Sequestro de Lauro Costa”, uma séria da extinta “Teletema”. A personagem tinha uma pequena aparição, mas esse foi apenas o pontapé inicial.

Com uma carreira de mais de três décadas, Drica soma mais de 40 aparições em programas de TV. Mas, antes da televisão, a atriz carioca já dava os primeiros passos da carreira nas aulas de teatro do Colégio Andrews e nos cursos do Tablado, ambos no Rio de Janeiro. No teatro, ela se destacou em “Os Doze Trabalhos de Hércules” no ano de 1983.

Os prêmios começaram a vir já nos anos 90. Drica ganhou como Melhor Atriz nos prêmios Mambembe e Coca-Cola pelos espetáculos “Pianíssimo” e “O segredo do Coachim”. A relação com o teatro permaneceu ao longo da carreira e, nos últimos anos, estrelou peças como “À Primeira Vista”, com direção de Enrique Diaz, e “Lifting, uma comédia cirúrgica”, com direção de Cesar Augusto.

Drica Moraes
Reprodução/Instagram
Drica Moraes e Julio Andrade em "Sob Pressão"

No cinema, a atriz participou do filme “Bruna Surfistinha” (2011), como a cafetina Larissa, e do longa “Getúlio” (2014), como Alzira Vargas, filha do ex-presidente Getúlio Vargas que atuou como chefe do Gabinete Civil da Presidência da República durante o governo do seu pai.

Drica ficou conhecida por seus papéis nas novela. Na inesquecível “Xica da Silva”, da TV Manchete, ela viveu a vilã Violante Cabral – que rendeu os prêmios Sharp e APCA de Melhor Atriz em 1997. Outro papel marcante foi outra vilã chamada Marcela de Almeida Leal, de “O Cravo e a Rosa”.

Leia também: Marília Mendonça: de Infiel ao posto de mamãe do ano

Um marco mais recente da sua carreira foi Cora, vilã da novela “Império” (2014), da Rede Globo. A atriz não conseguiu gravar a novela até o final por problemas de saúde e foi substituída pela atriz Marjorie Estiano – que tinha vivido Cora na primeira fase da novela.  

Segundo Sandra Bertini, diretora do Cine PE, Drica foi escolhida como homenageada por fazer parte da história do audiovisual brasileiro. “Drica é uma atriz visceral. Ela vai da comédia ao suspense com maestria, e o festival entende que essa força criativa que ela carrega ao longo desses 36 anos de carreira deve ser exaltada”, comenta.

  • Todo mundo está feliz?
Xuxa
Divulgação/Blad Meneghel
Xuxa apresentará show em São Paulo

A apresentadora Xuxa marcou uma geração e a loira fará um show especial para causar aquela nostalgia nos seus ex-baixinhos. O “ Xuxa Xou ” acontecerá no dia 17 de agosto, às 21h, no Credicard Hall, em São Paulo. O público pode esperar uma cenografia lúdica e números com muita dança, efeitos especiais e personagens clássicos como as Paquitas, os Paquitos e o TxuTxucão.

Esse show celebra os 36 anos da eterna rainha dos baixinhos na televisão. “Estou muito feliz em juntar gerações que cresceram comigo ao longo desses 36 anos e fazer um show onde eu possa sentir essa energia de novo. É um misto de alegria, ansiedade e vontade de que tudo dê certo para que todo mundo fique feliz com o resultado”, conta Xuxa.

As vendas para o público geral começam no dia 5 de julho e Ilariê , Lua de Cristal , Planeta Xuxa , Arco-íris e um megamix do "XSPB" estão entre os hits que prometem sacudir o público.

  • Atores de Jesus na Angola
Day Mesquita e Dudu Azevedo
Divulgação
Day Mesquita e Dudu Azevedo

Os protagonistas da novela “Jesus”, da Record TV, Day Mesquita e Dudu Azevedo , estão na Angola para celebrar o sucesso que a trama bíblica teve por lá. Eles estão seguindo com uma agenda atribulada para conseguir atender a imprensa local.

O sucesso da novela foi tanto que o último capítulo foi exibido em salas de cinema e em uma delas os atores marcaram presença. Day, que interpretou Maria Madalena, foi muito elogiada pela imprensa do país africano por sua atuação.

  • Turnê de Air Supply chega ao Brasil
Air Supply
Divulgação
Air Supply vem ao Brasil

O duo australiano Air Supply vem ao Brasil para realizar três shows que fazem parte da turnê “Lost in Love Experience”. O primeiro show acontece em São Paulo, no Espaço das Américas, no dia 22 de agosto, depois eles seguirão para o Rio de Janeiro, no dia 24 de agosto, e para Porto Alegre, em 25 de agosto.

Leia também: Volta de Sandy e Junior impulsiona novos mercados na indústria fonográfica

A turnê começou na Austrália e, antes de chegar ao Brasil, eles passarão pelos Estados Unidos e pelo Canadá. All Out Of Love , Lost In Love , Every Woman In The World  e Making Love Out Of Nothing At All  são algumas das músicas que serão cantadas pelos australianos.

  • Sucesso em "Sob Pressão"

Drica Moraes está atualmente no ar na comentada série da Rede Globo “Sob Pressão”. Ela interpreta a chefe do CTI do Hospital São Tomé Apóstolo, uma das personagens centrais da terceira temporada da série exibida todas as quartas-feiras.