Tamanho do texto

Entrevista com Andréa Beltrão sobre “Hebe”, problemas de Azealia Banks no Brasil e elenco de "Animais Fantásticos" são destaques da coluna Bastidores

Nos últimos anos vimos algumas personalidades da televisão ganharem vida nos cinemas por meio de cinebiografias. Arlindo Barreto, conhecido como o palhaço Bozo foi vivido por Vladimir Brichta em “Bingo – o Rei das Manhãs”. Mais recentemente, Stephan Nercessian e Eduardo Sterblitch viveram Chacrinha e logo logo será possível ver a versão de Andréa Beltrão para a icônica Hebe Camargo .  

Andréa Beltrão da vida a Hebe Camargo em série e filme sobre a apresentadora
Divulgação
Andréa Beltrão da vida a Hebe Camargo em série e filme sobre a apresentadora

A atriz mergulhou na vida da apresentadora e contou com o apoio da família, que lhe cedeu um acervo infinito de imagens para criar Hebe. “Sempre que você vai com uma lupa (na vida de alguém) descobre que atrás daquele rotulo construído tem muito mais coisa. Foi uma viagem ao túnel do tempo, na intimidade, no que ela pensava”, revela Andréa Beltrão .

Leia também: Marco Ricca e Andréa Beltrão se aventuram no cinema argentino

Ela vive Hebe desde os 36 anos (“com ajuda da maquiagem porque eu tenho 55 anos”) até sua morte. Cheia de simpatia, ela mostra empolgação para falar sobre essa personagem tão gravada no imaginário da televisão. Ainda assim, ela comenta que foi um desafio se tornar a apresentadora, já que elas não têm semelhanças físicas.

“Foi sofrido porque não tenho uma semelhança assim com ela. Eu gosto muito de desaparecer e ela gosta de aparecer. Como não sou parecida fisicamente em nada tive que procurar outros caminhos, procurar um comportamento, uma semelhança mais emocional. Quando consegui chegar, foi emocionante”, revela.

Andréa Beltrão como Hebe Camargo
Divulgação
Andréa Beltrão como Hebe Camargo

Entre julho e agosto ela gravou o longa-metragem, e agora se dedica a série. De acordo com ela, o filme irá focar nos anos 1980, quando, quando deixa de ter só um programa de entretenimento e passa a falar sobre outros assuntos. Já a série, que terá 10 episódios, retratará sua vida desde os 10 anos até a morte em 2012 em decorrência de um câncer.

“Quando eu gravo de Hebe as pessoas mudam. É curioso as pessoas olhando e fazendo uma confusão emotiva”, conta Andréa, que define a apresentadora como um “furacão”.

Leia também: "Chacrinha: O Velho Guerreiro" ganha trailer bem-humorado e cheio de intimidades

Andréa Beltrão na TV

Com uma vasta carreira no cinema e na TV, Beltrão é sempre lembrada por papeis como a cabeleireira Marilda de “A grande Família” e a vendedora Sueli de “Tapas e Beijo”. Mas, das novelas ela está afastada desde 2001 quando participou de “As Filhas da Mãe”. De acordo com a atriz não foi uma escolha, mas sim o fluxo natural de seu trabalho e dos convites que recebeu.

Ela confessa, porém, que quer voltar ao formato em breve: “Estou doida para fazer uma novela, eu gosto de fazer tudo”, revela. Ela conta que se sente atraída pelo formato de obra aberta e sua proximidade do público, que reage quase que imediatamente ao que vai ao ar. Enquanto um convite não vem, ela segue vivendo uma das maiores comunicadores do Brasil até fevereiro.

Animais Fantásticos e Flash

“Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”
Divulgação
“Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”

Com a estreia de “Animais Fantásticos – Os Crimes de Grindewald”, o elenco nãopara de dar entrevistas. A mais recente do protagonista Eddie Redmayne deu o que falar. Ao Digital Spy o ator comentou que acha possível que seu personagem Newt Scamander tenha certo grau de autismo. “Acho que ele está no espectro de Asperger. Mas naquela época, a síndrome não havia sido definida. Isso só aconteceria na década de 1940, eu acho”, revelou o ator.

Quem também fez revelações, mas sobre outro filme, foi Ezra Miller, que vive Credence Barebone em “Animais”. Ele falou sobre outro papel no mundo da fantasia: o de Flash. Em entrevista a revista Playboy, com direito a fotos ousadas, ele falou que o filme solo do velocista deve demorar (ironicamente), mas será “doido e legal”. É esperar para ver!

Que fase!

Durante show em São Paulo na noite de sexta-feira (16) Azealia Banks decepcionou no palco, e fã decepcionou na pista
Reprodução
Durante show em São Paulo na noite de sexta-feira (16) Azealia Banks decepcionou no palco, e fã decepcionou na pista

Assim como sua carreira em geral, a passagem de Azaelia Banks pelo Brasil foi repleta de polêmicas. Depois de cancelar uma apresentação em Fortaleza supostamente por não querer se apresentar antes de Pabllo Vittar, Banks fez um show que deixou a desejar em São Paulo.

Com mais de duas horas de atraso, ela subiu ao palco, mas tocou apenas seis músicas antes de sair. Mas, não só isso, uma situação inusitada aconteceu na pista: uma fã precisava ir ao banheiro, mas não queria perder seu lugar próximo ao palco. Resultado? Ela fez cocô ali mesmo.

Leia também: Azealia Banks cancela shows no Brasil, culpa Bolsonaro e volta atrás

Alô Alô Therezinha

Abelardo Barbosa, o Chacrinha, também foi uma figura icônica na televisão. Tão icônica que, além do filme que está em cartaz, ele também será retratado no filme de Andréa Beltrão sobre Hebe. Mas, dessa vez que vive o velho guerreiro é o ator Otávio Augusto. No filme, ele desperta o ciúmes do então marido de Hebe, Lélio Ravagnani ao visitar a apresentadora em sue programa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.