Tamanho do texto

Cantora, que tem shows marcados para novembro, usou as redes sociais para cancelar shows, mas voltou atrás: "O Brasil está de volta", escreveu; leia mais

Azealia Banks cancela shows no Brasil, mas volta atrás. Em seu  Twitter , a cantora confirmou cancelamento de sua turnê  no Brasil. "Turnê no Brasil cancelada. O produtor não pode pagar as taxas. Governo fechando os locais. Meu agente é um idiota. Boa noite“, escreveu ela no primeiro post.

Leia também: Rapper Azealia Banks diz que foi estuprada nesta madrugada: "me sinto suja"

Azealia Banks cancela show no Brasil através das redes sociais, mas volta atrás
Divulgação
Azealia Banks cancela show no Brasil através das redes sociais, mas volta atrás


Na sequência, ela disse no Twitter que estava preparada para as apresentaões, mas culpou a alta do dólar. "Acho que com o Bolsonaro ganhando, o dólar mudou e o promoter está pedindo redução. Eu não posso descer no preço do show, então vou cancelar a tour inteira e ficar em casa. Orando pelo Brasil e pela Argentina enquanto a economia se desenvolve“, completou ela.  Azealia Banks Banks cancela shows no Brasil pouco depois das eleições para Presidente.

Leia também: Azealia Banks é suspensa do Twitter após ter conta denunciada por ofensas

Depois da série de tuítes cancelando os shows, Azelia Banks voltou atrás e acalmou seus fãs dizendo que "O Brasil está de volta", disse.


As apresentações acontecem nos dias 10 de novembro no Rio; no dia 11 em Curitiba; no dia 14 em Fortaleza; no dia 15 em Recife, e no dia 16 em São Paulo, encerrado a turnê.

Leia também: É treta! Lana Del Rey e Azealia Banks protagonizam briga no Twitter

Azealia Banks cancela shows no Brasil, mas só de mentirinha , em meio a muitas polêmicas políticas. No último domingo (28), Jair Bolsonaro foi eleito como novo Presidente do Brasil. O candidato do PSL venceu Fernando Haddad, do PT, com 55% dos votos, marcando as eleições mais polêmica dos últimos  tempos onde até famosos internacionais deram sua opinião, como Roger Waters, que protestou contra o Presidente eleito nos shows que fez durante sua turnê no Brasil, além de protagonizar outros protestos políticos durante seus shows em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.