Tamanho do texto

Entrevista com Marcelo Nova sobre novo álbum e turnê em homenagem a Raul, Ibope da TV fechada e mais destaques da coluna Bastidores

Rock e mais rock. É isso que Marcelo Nova , um dos astros que marcou o gênero musical no Brasil, promete ao público que o acompanha. Vocalista da banda Camisa de Vênus desde os anos 1980, o artista está prestes a encerrar a turnê “Toca Raul”, com um show na capital paulista.

Camisa de Vênus encerra em São Paulo turnê dedicada a Raul Seixas e Marcelo Nova fala de novo álbum
Divulgação
Camisa de Vênus encerra em São Paulo turnê dedicada a Raul Seixas e Marcelo Nova fala de novo álbum

Após o encerramento da turnê, o vocalista do Camisa de Vênus conta que pretende continuar trabalhando muito em seu novo projeto. “Vamos ter um lançamento de um CD duplo em novembro e a partir daí vamos trabalhar com esse novo show”, ressaltou o artista sobre o álbum que foi gravado em Porto Alegre.

Leia também: “Uma conversa regada a vinho solta a língua do entrevistado”, diz Nasi

O novo disco que possui 17 músicas é composto por canções que marcaram a carreira de mais de 30 anos da banda nacional. “É uma retrospectiva de todos os álbuns que o Camisa gravou”, explica. O último lançamento da banda foi “Dançando na Lua”, em 2016, o primeiro álbum de inéditas após 20 anos.

A banda deu voz a mais de uma geração de roqueiros brasileiros, Marcelo vê isso como um “bom sinal” e afirma que durante o começo da carreira teve influências fortes, que foram de Bob Dylan ao próprio e os Panteras, enfatizando que o início do movimento punk também possibilitou o início do Camisa.

Toca Raul!

Marcelo Nova prepara novo álbum do Camisa de Vênus
Divulgação
Marcelo Nova prepara novo álbum do Camisa de Vênus

Com uma longa trajetória, o músico que era amigo de Raul Seixas , conta como foi trabalhar com o maluco beleza. “Foi tranquilo, prazeroso, foi muito inspirador, a ponto de gravar um álbum em parceira”, ressaltou o músico sobre o grande sucesso “Panela do Diabo”, o décimo quinto e último álbum de estúdio de Raul.

Lançado em 1989 e composto por 10 faixas, oito com Raul e Marcelo, e duas somente com Raul, o trabalho traz músicas que marcaram a década e a vida dos músicos. O roqueiro explica que a produção foi natural. "Eram dois caras que sabiam o que estavam fazendo, resolvemos fazer um disco que não fosse apenas uma celebração, mas que mexesse no intestino e nas vísceras das pessoas”. E continuou: “Já tem muita música alegrinha no Brasil, nós tentamos fazer algo que desse em uma reflexão maior”.

Leia também: O rock não morreu, mas também já não é mais o mesmo

Marcelo que começou a gostar de rock quando tinha cerca de 10 anos, analisa que sua escolha de seguir a carreira musical foi a melhor de sua trajetória. “É bom! Foi uma escolha, a música sempre foi o meu foco principal em toda a minha vida”. O artista ainda disse que se não tivesse seguido a carreira na música talvez hoje fosse um “médico fracassado”.

Com 38 anos de carreira, Marcelo é considerado um dos maiores nomes do rock nacional, fato que fez com que recentemente ele lançasse sua biografia. “Eu fiz com um jornalista. Há 20 anos ele insistia que eu deveria fazer a biografia e então eu o convidei. Optamos por um formato de conversa que não me obrigasse a ficar em uma mesa escrevendo, fizemos por Skype, ficamos quase quatro anos conversando”, explicou.

Indústria musical

Camisa de Vênus
Divulgação
Camisa de Vênus

Sobre a indústria musical, Marcelo conta que o cenário não está receptivo com o rock atualmente. “A indústria musical no Brasil é comandada por gente com pouca cultural musical, é gente que entende ou pensa entender de negócios (...) A música não fica em primeiro plano, são só interesses midiáticos”.

Com tantos anos dedicados ao mundo da música, o artista ainda faz questão de ressaltar que a cultura musical é algo muito importante para quem trabalha com música: “Não adianta só saber o nome do artista. Hoje é raro encontrar quem tenha realmente cultura musical, que sente e pense. Hoje é tudo muito rápido e muito vazio”, desabafa.

O dom para a música não parou em Marcelo Nova. Atualmente o músico toca com seu filho, Drake, que é guitarrista de sua banda há uma década. “É bom olhar para o lado e ver que a cria está fazendo direito, ele se tornou um guitarrista excelente, toca comigo há 10 anos”.

*Com reportagem de Aline Barbosa

Rap da Felicidade

Emicida encontra os rappers MC Cidinho e Doca no Festival do Clube em São Paulo
Divulgação
Emicida encontra os rappers MC Cidinho e Doca no Festival do Clube em São Paulo

Na próxima segunda-feira (24) MC Cidinho e Doca, responsáveis pelo sucesso Rap da Felicidade, estarão em um painel no Festival do Clube, em São Paulo, ao lado de Emicida. Responsáveis pelo popular refrão "eu só quero é ser feliz/ andar tranquilamente na favela onde eu nasci", eles vão compartilhar a história da dupla que chegou a viajar para outros países na esteira da popularidade desse hit.

A dupla, que tem origem na Cidade de Deus (Rio de Janeiro), será entrevistada por Serginho Rezende, sócio-fundador da Comando S Áudio. Felipe Vassão, sócio e produtor musical da Loud, e Rynaldo Gondim, CCO da Heads, também participam da entrevista.

Sucesso na TV por assinatura

Divulgação
"Criminal Minds" e outras séries colocam AXN entre os canais com maior Ibope da TV paga

O canal AXN ganhou a disputa no Ibope e é o canal pago de séries mais assistido no Brasil em 2018. De acordo com dados consolidados da Kantar Ibope Media, entre janeiro e agosto deste ano, o canal foi o quinto mais assistido de toda a Pay-TV e o primeiro da listagem dedicado principalmente a séries.

Além de liderar no segmento de programação seriada - os outros canais mais assistidos do Top 5 são de programação infantil, esportes e filmes -, o AXN também mantém a liderança entre a audiência feminina. Entre os programas do canal estão “Criminal Minds”, “NCIS” e a franquia “C.S.I.”.

Concorrência nos talk-shows

Fabrício Marques comanda novo talk-show da RedeTV!,
Divulgação
Fabrício Marques comanda novo talk-show da RedeTV!, "Investindo em Sonhos"

A RedeTV!  vai entrar na briga dos talk-shows noturnos com “Investindo em Sonhos",  programa  que será apresentado a partir de novembro por Fabrício Marques. Com formato de auditório, a atração irá ao ar às quintas-feiras a partir das 0h30. Inicialmente são 14 episódios e 07 quadros que se revezam, sendo o principal do gênero reality "Os Investidores", no qual empresários apresentarão seus negócios para investidores, dentre eles o apresentador.

Leia também: O Hard Rock sobrevive e se mantém na preferência de fãs

Camisa de Vênus toca Raul

O Show de encerramento da turnê “Toca Raul”, do Camisa de Vênus acontece no próximo dia 28 de setembro, no Teatro Bradesco, em São Paulo. O evento celebra a antiga afinidade da banda com Raul Seixas, além da parceria e amizade de Marcelo Nova com o roqueiro. A apresentação promete trazer um show emocionante em homenagem ao eterno "pai do rock brasileiro”.

    Leia tudo sobre: músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.