Tamanho do texto

"Menopausa" conta a história de mulheres de diferentes realidade que trocam experiências sobre a menopausa; veja mais destaques do Bastidores

Após anos de muito planejamento, o cômico espetáculo “ Menopausa – O Musical” engata uma temporada no Teatro Gazeta, em São Paulo. A peça conta a história de mulheres de diferentes realidades que se encontram e um shopping e passam a compartilhar as dificuldades de enfrentar o período da menopausa.

Leia também: Em nova fase, Péricles dá upgrade na carreira e se destaca no cenário musical

“Menopausa – O Musical” engata temporada em São Paulo
Divulgação
“Menopausa – O Musical” engata temporada em São Paulo


“Menopausa – O Musical ” fez parte de um circuito Off-Broadway em 2002 e no ano seguinte o produtor Cássio Reis conheceu o espetáculo e comprou os direitos, mas não conseguiu colocar a peça em cartaz por falta de recursos. Entretanto ele acreditou no projeto e anos depois comprou os direitos novamente e foi preciso três anos lutando para captar recursos e, mesmo com dificuldades, conseguiu dar vida ao espetáculo em parceria com Anderson Bueno.

“O texto retrata uma fase da vida pela qual todas as mulheres irão passar e muitas vezes é um período bem conturbado física e emocionalmente. Gosto de falar de verdades e ‘menopausa’ é uma transição que muda o comportamento das mulheres e também de quem as rodeia. Sempre vi o espetáculo como um show para toda a família, de adolescentes aos mais velhos, e espero realmente que o público abrace com prazer a mensagem que queremos passar”, afirma Reis.

 “Menopausa – O Musical”
Divulgação
“Menopausa – O Musical”


O espetáculo mostra de forma divertida a visão de uma atriz, uma hippie, uma executiva e uma dona de casa do interior sobre a conturbada fase da vida da mulher. Um dos grandes acertos do espetáculo está justamente no elenco formado pelas talentosas atrizes Simone Gutierrez, Adriana Fonseca, Bibba Chuqui, Alessandra Vertamatti. A trilha sonora é outro ponto positivo, trazendo paródias de canções muito conhecidas dos anos 60, 70 e 80. Na versão brasileira, a novidade é inclusão da música “Dancing Days”, do grupo “As Frenéticas”.

Trilogia

Depois de vários prêmios no exterior, chega ao Brasil livro de escritora paranaense
Divulgação
Depois de vários prêmios no exterior, chega ao Brasil livro de escritora paranaense


A brasileira que teve a ousadia de lançar-se escritora de ficção no exterior  e que ganhou oito prêmios do ano passado pra cá - a maior parte deles nos Estados Unidos - lança em Curitiba a versão em português de “Behind The Door”, sob o título “Atrás da Porta”.

Leia também: Ator de "3%", Bruno Fagundes fala de nova temporada e revela detalhes quentes

A obra traduzida teve o lançamento oficial durante a Bienal do Livro em São Paulo, com o selo da Editora Madras. No entanto, a escritora fez questão de organizar uma noite de autógrafos na cidade onde estudou, se formou e trabalha há anos como advogada e professora universitária.

O livro que é o primeiro de uma trilogia, chega às prateleiras das livrarias brasileiras com um histórico de premiações e excelentes críticas vindas de várias partes do mundo. Gavazzoni, leitora voraz, que já havia escrito um livro na área do direito, sempre sonhou ser escritora de ficção. Há dois anos, decidiu concretizar este sonho. 

Orquestra Sinfônica Jovem e Big Band

Atividade é promovida pelo Sesc em parceria com a Fundação das Artes e Universidade de São Caetano do Sul
Divulgação
Atividade é promovida pelo Sesc em parceria com a Fundação das Artes e Universidade de São Caetano do Sul


Para celebrar as conquistas de todos os envolvidos neste Jubileu de Ouro, a Fundação das Artes e a Universidade de São Caetano do Sul, firmaram parceria com o Sesc São Paulo, e apresentam à população um Concerto com participação especial do cantor João Bosco que ocorrerá no dia 4 de setembro, às 20h, no Teatro Paulo Machado de Carvalho, em São Caetano.

O cantor e compositor se apresentará com a Orquestra Sinfônica Jovem, sob a regência do Maestro Geraldo Olivieri, e Big Band Salada Mista, sob a regência de Ogair Junior, os grupos instrumentais têm longa tradição na Fundação das Artes, escola por onde já passaram grandes nomes do cenário da música brasileira, como Nelson Ayres e Roberto Sion. 

Leia também: "Cinderella, o Musical " faz temporada de despedida em São Paulo