Johhny Depp
Isadora Alves
Johhny Depp

O embate entre Johnny Depp e Amber Heard ganha um novo capítulo. O ator escreveu duas músicas sobre o longo processo judicial que travou contra a ex-esposa, considerada culpada por difamação, em parceria com o guitarrista britânico Jeff Beck. O lançamento, previsto para esta sexta-feira (15), faz parte do álbum "18", gravado pelos dois artistas.

“Acho que você já disse o suficiente para uma noite”, canta Depp em uma das músicas, segundo o jornal The Guardian. Em outra faixa, “Sad Motherf***ing Parade”, as críticas são mais diretas: “Você está aí sentada como um cachorro com uma crise de relacionamento", e acrescenta: “Se eu tivesse um centavo, não cairia na sua mão.”

Além das duas músicas originais escritas pelo ator, o álbum conta com covers de músicas de Lou Reed, The Velvet Underground e The Beach Boys.

Sobre o nome do álbum, o músico Jeff Beck, que teve participações de Depp em seus shows em junho, no Reino Unido, disse: “Quando Johnny e eu começamos a tocar juntos, realmente acendeu nosso espírito e criatividade juvenis. Brincamos sobre como nos sentíamos com 18 anos novamente , então se tornou o título do álbum também".

Depp acrescentou: “É uma honra extraordinária tocar e escrever música com Jeff, um dos maiores e alguém que agora tenho o privilégio de chamar de meu irmão”.

A colaboração entre Depp e Beck não é novidade. O projeto de um álbum já havia sido anunciado em abril de 2020, quando o ator descreveu o parceiro como “meu querido amigo e irmão, e um dos meus guitarristas favoritos de todos os tempos”. Os dois, à época, divulgaram uma versão cover de “Isolation”, de John Lennon, dando a entender que a canção estará presente na seleção.

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Johnny Depp tem longa relação com a música. Inclusive, pretendia seguir carreira musical antes de ser descoberto por Nicolas Cage e virar ator. Ele faz parte do grupo Hollywood Vampires ao lado de Alice Cooper e Joe Perry.

Veredito no tribunal


A decisão dos jurados dividiu a indenização que Heard deve pagar a Depp em US$ 10 milhões como medidas compensatórias por difamá-lo e mais US$ 5 milhões como medidas punitivas. Este último valor foi reduzido, ao final da leitura do veredito, pela juíza Penney Azcarate. Seguindo o teto máximo para indenizações de caráter punitivo no estado, o valor caiu para US$ 350 mil. O ator também foi condenado, em US$ 2 milhões, a indenizar a ex-esposa. A advogada de Amber Heard já revelou que a atriz irá recorrer da condenação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários