Rodrigo França relembra participação no
Reprodução/Instagram - 31/03/2022
Rodrigo França relembra participação no "BBB 19"

Rodrigo França, hoje com 44 anos, já tinha uma carreira consolidada como professor e ativista social quando aceitou participar do "Big Brother Brasil". Décimo eliminado da 19ª edição, ele guarda boas lembranças de sua participação (fez vários amigos, por exemplo), mas nem tudo foi um mar de rosas. No confinamento, o carioca chegou a ser alvo de racismo.

"O 'BBB' em si nada mais é que uma reprodução de uma macroestrutura que vemos na sociedade. Tudo que a gente encontro na sociedade vai encontrar lá dentro também. Principalmente questões como racismo, homofobia, gordofobia e transfobia. Foi uma experiência enriquecedora, mas violenta também. Uma coisa é você se proteger aqui fora com sua rede de apoio. Outra coisa é você passar por situações de racismo lá dentro. Muitas vezes eu não tinha como provar porque aconteciam dentro dos quartos. Não foi uma experiência 100% delicinha", disse ele no canal Pheeno, no YouTube.

Entre as muitas atividades que Rodrigo França exerce atualmente está a de diretor de teatro. No momento, ele prepara um espetáculo em homenagem a Jorge Lafond, ator e bailarino, grande sucesso na TV com o personagem Vera Verão, que morreu em 2003. O elenco está sendo escolhido através de testes.

"Não é um musical. Será um espetáculo que vai humanizar e falar da subjetividade desse homem negro que revolucionou a televisão, o cinema e o teatro aqui no Brasil. Lafond é uma grande referência e temos a responsabilidade de fazer uma reparação. Ainda se enxerga aquém de quanto ele representa e representou para a cultura brasileira. Vai tocar muito o público".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários