Sander Mecca
Reprodução/Instagram
Sander Mecca


O cantor Sander Mecca, que fez muito sucesso no início dos anos 2000 na banda Twister, relembrou o assédio que sofreu do empresário do grupo.

Em entrevista que vai ao ar no programa "Sensacional", da RedeTV!, nesta quinta-feira (27), Sander disse que era assediado desde os 15 anos. “Ele tentou me assediar várias vezes desde os meus 15 anos. Sempre tentou, até que aconteceu. Para mim foi, inclusive, a minha primeira experiência sexual”, confessa. 

Aos 39 anos, Sander Mecca lembra que o empresário limitava o convívio social e o obrigou a morar na mesma casa que ele. “Uma das condições para entrar nesse projeto era morar na casa dele (...) A gente ia visitar os [nossos] pais e não podia falar sobre o que acontecia lá. Não podia ter celular e não podia namorar”, conta.


Todo o contato com o ex-empresário, segundo Sander, era baseado em chatagens. “Ele esfregou o contrato [da gravadora] na minha cara e falou: ‘Só falta você assinar, todos [os outros integrantes] assinaram. Agora você decide se vai ser o líder do Twister ou se vai ver o sucesso da banda pela televisão. Mas, se você quiser, vai ter que pagar o preço’”, completa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários