Marcello Capuano falou sobre as produções que mostram a história da mãe
Arquivo pessoal
Marcello Capuano falou sobre as produções que mostram a história da mãe


Marcello Capuano diz não entender o porquê do filme da mãe, Hebe, "desandou". Em entrevista para o 'A Tarde É Sua', Marcello diz que não se reconheceu na obra e não reconheceu a mãe no filme, protagonizado por Andréa Beltrão. Ele diz que sentiu preocupação ao acompanhar as gravações das cenas de um jantar de Natal de Hebe com Paulo Maluf, político amigo da apresentadora. 


"Eu fui conhecer o set e estavam gravando o jantar do Maluf. Minha mãe conta uma piada, que ela adora contar, inclusive, ela contou no Jô e eu apareço gargalhando na plateia. No filme, eu não dou uma risada, me sinto incomodado e peço para sair da mesa. Quando eu vi aquilo, pensei: 'isso não é real, isso nunca aconteceu'. Ali eu fiquei preocupado", disse.

Leia Também

"Depois, quando o Claudio trouxe o roteiro do filme, vi coisas absurdas que eu pedia para tirar e marcamos uma reunião com a produção, que tentaram me convencer a deixar", contou. 

Ele então comentou sobre uma das passagens que o deixou triste com a produção. "Uma coisa que me deixou absurdamente revoltado foi uma cena que o Lélio entrou no meu quarto e eu estou em cima da cama cantando uma música do Cazuza com o casaco da minha mãe. Eu falei: 'gente, isso aqui jamais, eu nunca faria uma coisa dessas'. Na hora fomos cortar a cena e queriam me convencer que não, que era artística, mas eu os convenci a refazer a cena e foi muito difícil", disse. 

Marcello disse que sempre foi aberto com a mãe e que nunca ocorreu dele ser reprimido. "O filme insistia nisso, nunca existiu isso entre nós, nunca foi questionado nada disso", comentou. "O que conforta o meu coração é que nada ficou pendente, não tem nada que eu não tenha falado para minha mãe. A gente se declarava todos os dias", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários