Vivi Fernandes
Divulgação SBT
Vivi Fernandes

Vivi Fernandez  tem uma longa carreira na televisão. Foi dançarina dos programas de Luciano Huck, Alexandre Frota e Sergio Mallandro, musa da  Banheira do Gugu e das pegadinhas. Mas foi fazendo filmes pornôs que ela conseguiu sua estabilidade financeira.

Vivi atuou em quatro produções, todas ao lado de Hugo Mark, seu namorado na época. "Vendi um milhão de DVDs", conta ela. Além do preconceito que sofreu, ela revela que a carreira como atriz de filmes adultos acabou afetando sua vida sexual.

"Vivi muito isso, assistia a muito filmes para aprender como era e fiquei muito profissional. Perdi a espontaneidade. Não conseguia mais separar o profissional do pessoal. Hoje, está OK, acho que estou bem resolvida com isso na minha cabeça, mas na dos outros, não. O problema é a cabeça do outro. Os homens querem repetir as cenas na vida real, mas esquecem que nos filmes eu vivia uma personagem", diz Vivi em entrevista ao canal de Theodoro Cochrane, no YouTube.

O namoro com seu parceiro de cena também não resistiu aos filmes, e acabou em seguida. "Foi muita exposição para o casal", acredita ela.

Vivi Fernandes lembra também o início de sua carreira ( "Queria ser qualquer coisa que me fizesse aparecer na TV", recorda-se), e o empurrão que recebeu da família de Scheila Carvalho, ex-morena do Tchan: "Eu me inscrevi no concurso da loura do Tchan, mas fui eliminada numa das etapas. Minha família era vizinha em Minas Gerais da Scheila, que já tinha virado a morena do grupo. Eles ficaram com dó de mim e me conseguiram um trabalho em São Paulo como uma das assistentes de palco do programa 'H'".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários