Neste sábado (31) completa-se 22 anos que a Princesa Diana morreu em um acidente de carro, em Paris, na França. Na noite da tragédia, ela jantava com Dodi Al-Fayed, herdeiro da cadeia de lojas Harrods, quando papazarazzi começaram a persegui-la. 

Leia também: Rainha Elizabeth II não se sentia confortável com Princesa Diana, diz livro

Princesa Diana
Divulgação
Princesa Diana

A perseguição terminou com um acidente, no túnel da Ponte de l'Alma, que ceifou a vida da Princesa Diana . À época, apesar de não pertencer mais à Família Real , ela teve um funeral com toda a pompa e tradição que manda o protocolo. Neste sábado (31), no aniversário da morte da Princesa do Povo, como era conhecida, seu legado e memória foram lembrados.

Leia também: Entrevista antiga sugere interferência da rainha Elizabeth em separação de Diana

"22 anos sem Lady Di. Sempre me identifiquei com a ordem transgressora da Princesa. Descobri que ela é Câncer com ascendente Sagitário. Tal meu mapa astral. Love", disse um internauta no Twitter. "Um ícone de pessoa, faz muito falta nos dias atuais", memorou outro.

Leia também: Polêmico, musical da Princesa Diana chega à Broadway em 2020

Muitas teorias da conspiração apontam que a morte da Princesa Diana não foi um acidente, pois quando era nobre ela balaçanva as estruturas da Família Real , o que a tornava uma ameaça à coroa britânica. Alguns rumores sugerem que ela tenha sido assassinada para evitar danos à monarquia,  outros indicam que ela estivesse grávida no dia do acidente. Independente disto, mesmo após 22 anos, o legado de amor e paz construído por ela continua pulsante no mundo moderno. 

    Veja Também

      Mostrar mais