Tamanho do texto

A atriz falou sobre alguns assuntos da carreira e assuntos pessoais

Kristen Stewart é a estrela da nova edição da  Vanity Fair . Além de caprichar nas fotos que ilustram a revista, a atriz também falou sobre variados assuntos e acabou confessando seu sentimento em lidar com a fama na época de "Crepúsculo", saga que fez ela ganhar grande reconhecimento na mídia.

Leia também: 21 coisas que você talvez não saiba sobre a saga "Crepúsculo"

Kristen Stewart arrow-options
Reprodução/ Instagram @vanityfair
Kristen Stewart

“Eu finalmente tive a chance de ser reconhecida, mas não daquela maneira obsessiva vinda dessa cultura de celebridades, tipo: ‘Olha, aquela é a menina do Crepúsculo '. Eu não queria ser o centro das atenções e parecia que eu era uma c*zona. Só que eu não sou rebelde e não quero contrariar ninguém. Só queria que as pessoas gostassem de mim”, assumiu  Kristen Stewart

Leia também: O que aconteceu com a carreira de Taylor Lautner?

E por falar em filme, ela foi questionada sobre o gênero terror e aproveitou para fazer uma confissão um pouco bizarra sobre fantasmas, afirmando ter sensibilidade a esse fenômeno sobrenatural.

“Eu falo com eles. Se eu estiver gravando um filme numa dessas cidades pequenas e esquisitas, ou num apartamento estranho, eu literalmente vou pensar: ‘Não, por favor, não consigo lidar. Qualquer outra pessoa, mas não eu’. Quem sabe o que são os fantasmas, né, mas definitivamente sou muito sensitiva com energias. Não só de fantasmas, mas das pessoas. Elas deixam suas marcas nos ambientes o tempo todo”, declarou a atriz .

Leia também: "Crepúsculo" completa 10 anos com legião de fãs fiéis a saga

Quando o assunto foi vida amorosa,  Kristen Stewart tentou se esquivar, mas foi breve dizendo que só fica com pessoas que a complementam.