Tamanho do texto

Cantora teve um ano cheio e não parou um minuto. Teve série na Netflix, músicas novas, investida internacional e, claro, muita polêmica

O ano de 2018 começou em alta para Anitta: depois do recém-lançado sucesso Vai Malandra , ela viu o público carioca cantar seu hit em coro no Show da Virada de Copacabana. Foi um desses momentos que entra para a história de um artista, e o início de um ano muito promissor.  

Anitta não parou em 2018! Cantora lançou EP, fez parcerias musicais, se envolveu em polêmicas e se separou
Divulgação/Netflix
Anitta não parou em 2018! Cantora lançou EP, fez parcerias musicais, se envolveu em polêmicas e se separou

Depois de se lançar em uma carreira internacional, 2018 era o teste derradeiro para saber se Anitta está realmente no caminho. Nessa retrospectiva 2018 , vamos relembrar os principais momentos do ano agitado da cantora e sua saga em busca da dominação mundial.

Leia também: J Balvin causa polêmica ao falar de Anitta: "Está sempre nua"

Logo no começo de janeiro ela já teve seu primeiro tropeço: o single Machika não teve o resultado esperado. Com uma grande produção e falada em espanhol, a música deveria ser o hit do verão e houve especulação até de que poderia ser a faixa da Copa do Mundo. Não aconteceu e a música passou batida.

Anitta foi a capa de diversas publicações internacionais em 2018
Divulgação
Anitta foi a capa de diversas publicações internacionais em 2018

Ela também acumulou algumas polêmicas, como Iggy Azalea chamando seus fãs de “problemáticos” depois que a australiana desistiu de lançar o single feito com a brasileira. Ela também teve que defender as referências  no clipe de Vai Malandra depois de ser acusada de apropriação cultural.

Mas, logo veio o Carnaval e a estrela teve uma agenda cheia. Suas fantasias durante os dias de festa foram homenagens a ela mesma, e Anitta desfilou looks do passado, patrocinada por uma marca de roupas. Aliás, patrocínio não faltou para leva-la para São Paulo, Rio, Salvador e Minas Gerais durante a folia.

Em março, a cantora chegou aos 25 anos com estilo: ela deu uma mega festa em sua mansão no Rio de Janeiro, repleta de convidados famosos. Por que ela não é boba nem nada, assim que completou um quarto de século ela fechou um novo negócio, dessa vez com uma marca de bebida (no Brasil, 25 é a idade mínima permitida para fazer merchandising de bebida alcoólica).

Logo em seguida ela entrou no grupo com um novo programa no Multishow. “Anitta entrou no Grupo” teve boa estreia, mas rendeu alguns momentos vergonhosos para a cantora, como quando ela se referiu de maneira errada a palavra “hanseníase”.

Leia também: Acabou o amor? A internet anda reprovando Anitta com mais frequência

Parte do ano da estrela também foi dedicado a gerenciar seus empresariados, os cantores Micael e Clau. Eles foram os primeiros nomes escolhidos para que ela testasse seu lado empresarial para além de sua própria carreira. O resultado infelizmente não foi bom e nenhum deles conseguiu decolar um hit.

Em junho os primeiros boatos de crise na relação com o marido, Thiago Magalhães, começaram a surgir. Na época, ambos refutaram os comentários com novas imagens juntos. Mas, em outubro eles confirmaram a separação, depois de cerca de um ano juntos.  Ao longo do ano, porém, alguns “affairs” do passado surgiram. Enquanto o jornalista Léo Dias afirmou que Anitta já pegou Luan Santana, fato que ele confirmou depois, um amigo da cantora contou que ela já teve um lance com Fábio Porchat, hoje casado.

Anitta ainda aproveitou a solteirice recém-adquirida no palco do “Prêmio Multishow”, que apresentou junto com Tatá Werneck. Ela chamou um dos integrantes da banda Atitude67, que subiu no palco e tascou-lhe um beijão. Mas a cena toda foi combinada e o beijo não deu em nada para os dois.

A cantora acabou fazendo parte da Copa do Mundo em junho, mas por meio da publicidade. Em alta por aqui, ela foi estrela da campanha de uma lanchonete, mas esse foi o mais perto que ela chegou de fazer parte do evento. Na mesma época, Anitta preparava sua estreia no cinema em “Intervenção”, filme baseado no livro do autor de “Tropa de Elite” que retrata as UPPs no Rio de Janeiro. Atrelada ao projeto há tempos, ela desistiu alegando falta de tempo e foi substituída por Bianca Comparato.

Ao desistir de participar do filme, ela ficou disponível para trabalhar na televisão e em julho foi confirmada como jurada do “La Voz”, a versão mexicana de “The Voice”. Ao seu lado foi confirmado Maluma que, diziam os rumores, não estava em grandes termos com ela. Mas, qualquer inimizade que eles tinham passou e os dois vivem compartilhando momentos de bastidores do programa, que chega ao final dia 16 de dezembro.

Na esteira de sua estreia, Anitta lançou outra música: Medicina . Hit no Brasil, a música não teve a performance esperada no exterior, e a cantora usou o Twitter para “explicar” o sucesso da faixa. Ela ainda visitou o programa de Datena na Record logo após o lançamento, mas quando o jornalista pediu para ela apresentar a faixa, ela não cantou dizendo que não tinha ensaiado.

Polêmicas

Cantora se envolveu em algumas polêmicas e vou pressionada pelos fãs a se posicionar politicamente
Divulgação Globo / Reprodução Instagram
Cantora se envolveu em algumas polêmicas e vou pressionada pelos fãs a se posicionar politicamente

A estrela esteve envolvida em diversas polêmicas em 2018. Uma das mais repercutidas foi sua reação – ou a falta dela – diante do assassinato da deputada carioca Mariele Franco. Mariele tinha uma carreira dedicada à vida da população das comunidades cariocas e seu assassinato comoveu o País todo. Criada em Honório Gurgel, Anitta sempre deixou bem clara sua raiz na favela carioca, portanto seus fãs cobraram um posicionamento, o que resultou em Anitta declarando que ia esperar alguns meses para se pronunciar.

Ela também encerrou um processo que já corria contra ela há quatro anos. Depois de dispensar o trabalho de sua antiga empresária Kamilla Fialho, a mesma entrou com uma ação para receber os honorários referentes aos ganhos da cantora. Elas finalmente chegaram a um acordo em setembro e encerraram a disputa.

Por fim, o terceiro grande momento de controvérsia da cantora aconteceu durante as eleições. Inicialmente ela decidiu não anunciar sua posição partidária, mas parte de seus fãs a pressionou e ela acabou aderindo a campanha “Ele Não”, contra o então candidato Jair Bolsonaro.

Anitta também teve relações estremecidas em 2018. Ela se distanciou de Pabllo Vittar, com quem lançou um de seus maiores sucessos, Sua Cara , e mantinha boa relação até o final de 2017. Já em 2018 outra briga a afastou da dupla Simone e Simaria. Juntas, elas são responsável por outro hit, Loka . De acordo com Simaria, ela e a irmã deram um conselho para Anitta, mas a carioca não recebeu muito bem a dica e cortou laços com a dupla.

Mas ela também defendeu os seus. Anitta saiu em favor de Nego do Borel quando ele foi acusado de fazer pink money, ou seja, ganhar dinheiro em cima da comunidade LGBTQ+, sem realmente militar pela causa. Na época, ela o chamou de “ingênuo”.

Anitta ao vivo e a cores

Anitta se encontrou com Pharrel Williams e pode ter uma faixa produzida pelo artista
Reprodução/Instagram
Anitta se encontrou com Pharrel Williams e pode ter uma faixa produzida pelo artista

Sem lançar nenhum disco novo desde 2015, Anitta tem seguido outro rumo na carreira artística, investindo em singles e parcerias. Em 2017 o projeto “CheckMate” tinha esse foco, e em 2018, além de músicas em outras línguas, ela investiu em novos ritmos. A cantora lançou Romance com Safadeza ao lado de Wesley Safadão, Fica Tudo Bem com Silva e Ao Vivo e a Cores com Matheus e Kauan.

Ela teve encontros com dois grandes nomes da música pop americana, Pharrel Williams e DJ Khaled, que podem render frutos no futuro. O encontro mais recente, e que atiçou os fãs, foi com Madonna. Em Nova York elas gravaram uma parceria que a cantora confirmou no Instagram, mas sem detalhar quando será liberada.

Ela também foi uma das principais atrações do Rock in Rio Lisboa em junho depois de muitas críticas quando não foi incluída no line-up da edição de 2017 do festival. Incorporando Carmen Miranda, ela destilou seus hits para o público português e depois seguiu fazendo shows pela Europa.

Ela também se apresentou em Miami e apresentou Medicina no Latin Amarican Music Awards. Em outubro ela subiu ao palco no Brasil para cantar com Camila Cabello, americana que fez sucesso estrondoso com seu primeiro disco solo, “Camila”. Com Downtown e Sua Cara , dois sucessos de 2017, ela foi indicada ao Latin Grammy 2018 e no começo de novembro fez sua  cartada final da música em 2018: o EP “Solo”.

Com três faixas em línguas diferentes, Anitta fez mais uma das muitas experimentações a que tem submetido sua carreira. Embora nenhuma das faixas tenha se tornado um hit como Vai Malandra , “Solo” ampliou a projeção internacional da cantora, que foi promovida por streamings como o Spotify, que exibiu seu trabalho da Times Square em Nova York.

Junto com as músicas ela lançou três videoclipes, onde aparece seminua rodeada de cobras, beijando muito e sensualizando com looks brilhantes. Mas, sua nova tentativa de dominação mundial foi mais além: lançou “Vai Anitta”, série documental da Netflix que se aprofunda nos bastidores de sua vida profissional e pessoal. Ela afirmou que a série serve como uma introdução para o público de fora do Brasil que ainda não está familiarizado com ela, e planeja dar continuidade a produção, que por enquanto retratou apenas seus passos até o final de 2017.

Para fechar o ano, ela será o tema de uma biografia em desenvolvimento pelo jornalista Léo Dias. Conversando com diversas pessoas que fazem ou fizeram parte de sua vida, Dias pretende contar quem realmente é Larissa de Macedo Machado.

Cheia de drama, músicas dançantes e intimidades compartilhadas, a retrospectiva 2018 de Anitta não é pequena. A cantora provou que não há tamanho para sua ambição, e continua tendo bom domínio de sua carreira, embora ainda enfrente resistência com parte de seu público, o que é normal, considerando sua projeção. De um jeito ou de outro, ela continuou dominando o mundo este ano.

    Leia tudo sobre: anitta músicas