Tamanho do texto

O Miss Bumbum chegou ao fim, mas ao longo de suas oito edições o concurso foi marcado por momentos polêmicos; relembre as principais a seguir

Na noite da última segunda-feira (05) o concurso polêmico Miss Bumbum chegou ao fim com "chave de ouro" com barraco e acusações de farsa . Tudo aconteceu quando a modelo e dançaria Ellen Santana, 31, foi consagrada a campeã da edição 2018 representando o Estado de Rondônia, mas na hora em que recebia a título, Aline Uva, candidata derrotada pelo Rio Grande do Sul, roubou a faixa da vencedora esbravejando que tudo aquilo era uma farsa.

Barraco marca a final do Miss Bumbum 2018, última edição do evento
Reprodução/Instagram
Barraco marca a final do Miss Bumbum 2018, última edição do evento

Essa não é a primeira que algo assim acontece no concurso, afinal o  Miss Bumbum conseguiu deixar o legado com outros momentos como esse, que chamaram atenção e viraram emblemáticos. Pensando nisso o iG Gente separou as maiores polêmicas que já aconteceram ao longo das oito edições da competição pelo título do derrière mais bonito do Brasil; relembre:

Leia também: Miss Bumbum: confusão repercute na imprensa internacional

Popularidade da vice-campeã

Andressa Urach (vice Miss Bumbum 2012) e Carine Felizardo (Miss Bumbum 2012)
Divulgação
Andressa Urach (vice Miss Bumbum 2012) e Carine Felizardo (Miss Bumbum 2012)

Em 2012 Andressa Urach ganhou o segundo lugar no concurso, mas isso não a impediu de ofuscar a popularidade da campeã, Carine Felizardo. O fato deixou a dona do título, na época, chateada e por diversas vezes deixou claro que seu corpo era mais digno de reconhecimento do que o de Andressa.

Alfinetada na final

Vencedora Miss Bumbum 2015 foi alfinetada por vice-campeã na final do concurso
Reprodução/ Instagram
Vencedora Miss Bumbum 2015 foi alfinetada por vice-campeã na final do concurso

Em 2015 Camila Gomes não ficou nada satisfeita com a sua colocação ao ser "surpreendida" com o segundo lugar na competição. Ainda no palco, ela desabafou sobre o resultado  e falou que merecia o título mais do que ninguém. De acordo com ela, a vencedora da edição, Suzy Cortez, venceu porque já tinha muito mais visibilidade. Na época ela até chegou a dizer que "o concurso era comprado".

Fraude na votação

Miss Bumbum 2017 tem acusações de fraude
Reprodução/ Divulgação
Miss Bumbum 2017 tem acusações de fraude

Uma das maiores polêmicas aconteu na edição de 2017, quando uma grande quantidade de votos computados em um curto espaço de tempo para algumas candidatas despertou a desconfiança da possibilidade de fraude na votação do concurso. Logo, a organização reconheceu que o sistema não era à prova de fraudes e anunciou, dois dias depois, a punição de seis candidatas por tentar ou fraudar a votação online com o uso de robôs.

Algumas das concorrentes acusadas da fraude reclamaram que a punição (perda de 40 mil votos para cada uma delas) foi “aleatória” e injusta. No entanto, a organização negou.

Leia também: Relembre todas as campeãs do Miss Bumbum

Abandonou a competição

Giovanna Spinella e Paula Oliveira, mulheres transgêneros que participantes do Miss Bumbum 2018
PATRICK BRITO | MBB18
Giovanna Spinella e Paula Oliveira, mulheres transgêneros que participantes do Miss Bumbum 2018

Duas candidatas transgêneros concorreram ao título de Miss Bumbum neste ano, o que acarretou na desistência de uma participante, que acabou deixando o concurso antes mesmo de começar. "Muita gente me mandou mensagem perguntando se eu também sou trans, não me senti confortável", contou anonimamente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.