Tamanho do texto

O Miss América está eliminando o desfile de biquínis entre as candidatas e promete valorizar outras características no palco do concurso de beleza

O Miss América 2019, que acontece em 9 de setembro desse ano, vai passar por algumas alterações. Gretchen Carlson , presidente do conselho do concurso e Miss de 1989, anunciou nesta terça-feira (5), que não existirá mais o desfile das participantes de biquíni .

Leia também: Polícia divulga autópsia do caso de modelo da Playboy e ex-marido se pronuncia

O Miss América está eliminando o desfile de biquínis entre as candidatas e promete valorizar outras características no palco do concurso que acontece desde 1921
Reprodução
O Miss América está eliminando o desfile de biquínis entre as candidatas e promete valorizar outras características no palco do concurso que acontece desde 1921

Ao invés do desfile de biquíni do Miss América, onde as candidatas mostravam seu corpo em trajes de banhos, elas participarão de uma sessão interativa ao vivo com os juízes, onde terão que demonstrar inteligência e paixão pelo trabalho.

Leia também: Candidata do Miss Bumbum deixa concurso por participação de mulheres trans

"Não somos mais um concurso. Somos uma competição”, declarou Gretchen Carlson durante uma entrevista ao programa "Good Morning America". Outra mudança que também estará presente na próxima edição do concurso será no desfile de vestidos de gala.

O tradicional desfile com vestidos de festas, que também era considerado antiquado por algumas pessoas, será diferente e as candidatas terão uma liberdade maior na hora de escolher o que desejam usar.

“Estamos mudando nossos trajes de banho e entrando em uma nova era”, escreveram em uma publicação no Twitter.

Polêmica envolvendo o Miss América

O escândalo nas redes sociais envolvendo concurso grandioso veio à público em dezembro de 2017. A polêmica aconteceu através de e-mails divulgados nos quais ex-executivos do Miss América zombaram da inteligência, da aparência e da vida sexual de ex-competidoras.

Leia também:Nátaly Luna, candidata ao Musa do Brasil, planeja ensaio nu escandaloso

O Miss América , que hoje tem as lideranças do concurso ocupadas por mulheres, é realizado desde 1921 nos Estados Unidos que conta com a participação de candidatas dos 50 Estados americanos mais os territórios de Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas.