Tamanho do texto

Cantor sul-coreano foi encontrado inconsciente em sua residência e levado ao hospital. Polícia local trabalha com a possibilidade de suicídio

O cantor Kim Jonghyun morreu da madrugada dessa segunda-feira (18) em Seoul, na Coréia do Sul. Vocalista da banda de k-pop Shinne , ele foi encontrado inconsciente em seu apartamento e encaminhado ao hospital, mas não resistiu. De acordo com informações da agência de notícias sul-coreana Yonhap, a principal suspeita é de que o cantor tenha cometido suicídio .

Leia também: Lista: confira os lançamentos de k-pop para ficar de olho em 2017

Cantor de 28 anos, foi encontrado inconsciente em seu apartamento. Ele era líder de uma das maiores bandas de kpop, Shinee
Reprodução
Cantor de 28 anos, foi encontrado inconsciente em seu apartamento. Ele era líder de uma das maiores bandas de kpop, Shinee

A agência conta que Jonghyun foi encontrado inconsciente em seu apartamento pela polícia, depois de uma ligação de sua irmã, que afirmou acreditar que ele tentaria se matar. Ele foi encaminhado a um hospital local, mas acabou falecendo. De acordo com investigações iniciais, ele teria inalado fumaça tóxica, já que descobriram resquícios de carvão no local. Sua irmã, que fez a ligação, confirmou que recebeu mensagens de Jonghyun dizendo coisas como “me deixei ir” e “último adeus”. Seus fãs, claro, lembraram o ídolo nas redes e aproveitaram para reforçar a importância de pedir ajuda e ajudar quem tem depressão :

Leia também: O BTS vai dominar o mundo? Banda de K-Pop estreia na programação americana

Fama e depressão

A banda Shinee foi formada em 2008 e é considerada uma das mais antigas do gênero k-pop, e também uma das mais importantes. Além do grupo, Jonghyun também somava uma carreira solo bem sucedida. Apesar disso, o cantor sofria de depressão e, em seu último post no Instagram, compartilhou uma letra de música e a legenda: “rezem para que eu não me machuque”.

Leia também: Covers de K-pop estão dominando a internet; saiba quem são eles

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.