Tamanho do texto

O slogan do filme entrega que "o grande encontra algo maior", uma referência esperta sobre o que o filme tem de melhor a apresentar: The Rock e monstros. A produção estreia nos cinemas nesta quinta-feira (12)

Uma empresa conduzindo experiências genéticas para as quais não tem autorização – e, portanto,  as fazendo no espaço – acaba precipitando uma situação inusitada em “Rampage: Destruição Total”. Após um acidente, o patógeno (organismo capaz de causar doenças em seu hospedeiro) adentra a atmosfera terreste e acaba sendo inalado por George, um gorila albino, que começa a crescer e a demonstrar um inesperado comportamento agressivo.

Leia também: Polanski contesta verdades absolutas no suspense "Baseado em Fatos Reais"

The Rock e Naomie Harris em cena de Rampage: Destruição Total
Divulgação
The Rock e Naomie Harris em cena de Rampage: Destruição Total

O primatólogo Davis Okoye (Dwayne “The Rock” Johnson), um tipo que se dá melhor com animais do que com humanos, se engaja na tentativa desesperada de entender o que está acontecendo com George, mas uma agência do governo – personalizada na figura de Jeffrey Dean Morgan – chega antes que seus esforços deem algum resultado. Mas “Rampage – Destruição Total” não tem apenas um gorila gigante.

Um lobo e um crocodilo também ingeriram o patógeno e crescem e desenvolvem mutações imprevisíveis se transformando em verdadeiras armas letais. O filme de Brad Peyton (“Terremoto – A Falha de San Andreas”) é, como entregam os trailers e a sinopse, um filme catástrofe na melhor vibe hollywoodiana. Do tipo que diverte com humor, situações impossíveis, animais fofinhos que se transformam em monstros aterradores e, claro, The Rock.

Leia também: Ela tem uma grande motivação para se opor a Thanos, diz Karen Gillan, a Nebulosa

O astro, que costuma ser infalível em filmes que se apoiam tanto em seu carisma como em seu potencial atlético, novamente comanda o show com muita categoria. Sua interação com George, um triunfo de efeitos especiais, é um dos pontos altos do filme.

Cartaz de Rampage: Destruição Total
Divulgação
Cartaz de Rampage: Destruição Total

Elenco de Rampage: Destruição Total

Apesar de The Rock e George estarem no centro do show, o longa tem bons coadjuvantes. Naomie Harris faz uma geneticista que ajuda Okoye justamente por ter contas a acertar com a empresa responsável pelas experiências que resultaram na tal situação caótica. É Malin Akerman, da série “Billions”, quem faz a malvadona e de maneira deliciosamente cínica. Jake Lacy faz o irmão borra-botas dela.

Joe Manganiello ("True Blood") faz um mercenário recrutado pela empresa para caçar o lobo gigante tão logo ele começa a fazer estragos, mas o grande destaque em termos de atuação fica mesmo por conta de Jeffrey Dean Morgan, forçando o sotaque texano e com ótimas frases feitas, o ator se diverte na pele desse caubói sitiado em uma agência do governo que rivaliza, sem deixar de respeitar, com Okoye.

Filmão sem medo de ser feliz

Cena de Rampage: Destruição Total
Divulgação
Cena de Rampage: Destruição Total

“Rampage: Destruição Total” está tão à vontade com sua condição de blockbuster que referencia outros filmes da Warner Bros , estúdio que o distribui , com graça e afeto. Com brincadeiras de  “Harry Potter” a “Liga da Justiça”,  e sem se levar a sério um minuto sequer, o longa é um prato cheio para os fãs da cultura pop em sua melhor forma.  Para curtir a pipoca sem medo!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.