Linn da Quebrada discutiu com Pedro Scooby
Reprodução/BBB 22 14.03.2022
Linn da Quebrada discutiu com Pedro Scooby

Após a formação do paredão de domingo (13) e a briga entre os homens do quarto Grunge e Lucas Bissoli, Pedro Scooby voltou a falar do assunto com Linn da Quebrada. O surfista, que está no paredão indicado pelo líder, fez críticas ao estudante de medicina e falou sobre o que pensa do jogo. 


Ele se diz ofendido por ter sido acusado de não se importar com o jogo. "Não dar importância para certas coisas, às vezes as pessoas enxergam como se você não desse importância para o que está vivendo. Tudo o que você coloca num lugar muito importante e não consegue alcançar gera uma frustração muito grande. Só de pensar que a gente está em um programa com 22 pessoas e só uma vai ganhar o prêmio", diz. 

Linn então disse que 21 pessoas se frustrariam em perder o prêmio do 'BBB 22'. "E eu não. Mas isso não diminui a importância que o programa tem pra mim", respondeu Scooby. 

Ele também discordou do discurso de Lucas ao indicá-lo ao paredão. "É muito fácil falar essas coisas estando de fora. Pra mim, uma amizade vale mais que R$ 1,5 milhão. O 'BBB' tem o prêmio para vender para o público se inscrever, mas aqui dentro a gente tem mais que o prêmio", afirmou e se explicou sobre querer se vetar da prova do líder. 

Leia Também

"Por que as pessoas não veem isso como algo bonito? Eu fui Líder por duas semanas, uma que eu ganhei o Líder com o PA e outra em que eu fui Líder. Por que querer abrir mão da prova e dar chance para outras pessoas é ruim?", questionou. 

"Eu poderia chegar lá e a prova ser muito boa para mim e eu ganhar, entendeu? Por que dar a chance para outras pessoas estarem no lugar não pode ser visto com bons olhos? É por isso que eu vou levar isso aqui de um jeito leve, amar as pessoas, ser amado, julgar, ser julgado, errar, aprender, crias novas amizades, ser o cara que mais venceu provas. Por que isso não é visto como jogar? As pessoas parecem não dar importância", disse. 

Scooby então fez críticas a Eslovênia, namorada de Lucas no programa. "Por que as pessoas que levam estalecada toda hora, algo qu atinge o coletivo, não são criticadas? Uma pessoa perdeu 200 estalecas em um dia só e fez o resto da casa perder 2.000 estalecas, algo que atinge o coletivo. Por quê?", questionou. 

A conversa então voltou a falar sobre a mensalidade de Lucas na faculdade e sobre os R$ 20 mil da prova do líder.  "Para o Lucas, os 20 mil têm grande importância e eu não vi ele falando disso. Ele ficou na Prova do Líder e a todo momento eu desestimulava ele falando 'Lucas, você já ganhou' e ele 'eu estou aqui porque preciso desses 20 mil'", disse Linn. 

"Primeiro, são 20 mil em compras. Não vou julgar, porque não sei da história dele, mas ele cursa medicina em faculdade particular. Ele nunca falou que trabalha o dia inteiro pra pagar a faculdade. E aí vem o meu lugar: quando eu comia arroz e feijão na minha casa, eu agia da mesma forma que ajo hoje. Isso não tem a ver com eu ter crescido ou não na vida, ter me tornado um bom surfista ou ter patrocínios com grandes marcas", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários