Eliezer e Natália
Reprodução
Eliezer e Natália

Natália e Eliezer protagonizaram uma noite com muitos beijos e carícias embaixo do edredom após a festa da líder Jade. No entanto, na tarde desta quinta-feira (17), depois de transar com Eliezer, a sister se mostrou preocupada com o medo do julgamento do público.

Em conversa com Eliezer, Natália apontou a realidade de uma sociedade machista e confessou sentir medo de ser mal julgada pelo público.

"Você vai sair como garanhão", apontou,"pro homem sempre é legal mas pra mulher fica feio, ainda vivemos num país com muito conservadorismo", desabafou.

Em seguida, a sister relembrou os acontecimentos da noite anterior e comentou que o clima estava muito propicio e natural para que ambos transassem. 

"Mas não tinha como não rolar, o jeito que a gente tava... E foi muito carinhoso o momento, aconteceu natural, não foi assim: 'Vamo transa?'", comentou.

Ainda na conversa, Natália comentou sobre a fama de 'pegador' ser bem vista para o homem quando ele tem uma vida sexual agitada. Eliezer, por sua vez, rebateu dizendo que não gosta desse rótulo, e que nem fora da casa gostava dessa fama pois se considera romântico. 

Leia Também

"Também não quero ter essa fama aqui", confessou.

Na sequência, Natália recordou uma conversa com a tia em que prometia não agitar os edredons dentro da casa.

"Cara, minha tia conversou isso comigo, falou: 'Você não vai pro edredom não'. Falei: 'Não tia, jamais que vou fazer isso'", disse rindo.


.

** Estudante de jornalismo na Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), Luanda Moraes trabalha no Portal iG como estagiária desde 2021. Cobre tudo sobre o mundo das celebridades no iG Gente. Ama séries, realities e One Direction.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários