Sarah analisou jogo de Bárbara
Reprodução/BBB
Sarah analisou jogo de Bárbara

Fofocar nem sempre é uma coisa ruim. No “BBB 22”, é algo que pode fazer o participante andar algumas casas à frente, porém, muita gente acaba enxergando uma certa falsidade nessa atitude. Bárbara que o diga!

A gaúcha, que não nega que usa seu lado fofoqueiro como estratégia, está sempre de olho nas coversas alheias e pronta para passar tudo que ouve para as aliadas Laís e Jade. Para a amiga da sister Marci Fernandes, tudo faz parte do jogo:

"O jogo da Bárbara é defender quem é importante para ela. E está jogando com as armas que tem: falar das suposições, o que ela pensa e calcula. Ela está fazendo exatamente o que faria aqui, que é conversar com as amigas sobre todas as hipóteses", disse. 

"Ela tem uma intuição lá e, em vez de ficar só pensando no mundinho dela, compartilha com as aliadas. Ela sempre foi observadora, além conversar muito sobre tudo", afirmou.

Leia Também

Em sua segunda liderança seguida, Jade parece ter mesmo em Bárbara uma uma forte aliada — tanto que não se afastou da modelo nem mesmo ao ouvir de Larissa, que chegou nesta sexta-feira ao confinamento com informações privilegiadas, que ela deveria “tomar cuidado” com essa amizade.

A loira volta e meia aparece à espreita, de ouvidos atentos ao que os outros estão falando, e parece ter aprendido suas táticas com a maior espiã que o “Big Brother Brasil” já teve: Sarah Andrade, da edição passada, que tem gostado do jogo de Bárbara.

"Ser uma espiã em uma casa com 20 pessoas e passar despercebida não é uma tarefa muito fácil (risos). Mas observar os adversários é uma ótima estratégia e ajuda demais na leitura do jogo", disse Sarah.

"Também é importante saber guardar as informações captadas e saber a hora certa de usar pra não se perder. Estou acompanhando a edição e estou gostando muito do jogo da Bárbara, ela é inteligente e sabe jogar, está se saindo muito bem", elogia a ex-BBB.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários