Gustavo falou sobre festas de micareta
Reprodução/BBB
Gustavo falou sobre festas de micareta


Gustavo e Larissa já planejam as festas do líder no 'BBB 22'. Em conversa sobre o tema na Casa de Vidro, os participantes comentaram as preferências de cada um e que tipo de eventos gostam de frequentar fora do reality. O bacharel em direito disse que escolheu "festival de rock, tipo Rock in Rio, trio elétrico e boteco". Já Larissa quer "arraiá, noite em Vegas, baile funk e festa do pijama". 


Então, o assunto entrou em festas no geral. Gustavo disse que adora micaretas e prefere este tipo de festa já que o Carnaval na Bahia, para ele, é muito caro. "Em média, R$ 2 mil por noite. [...] Eu tenho que fazer o que pra aproveitar essa festa? Beijar uma bailarina do Faustão, subir no palco com Léo Santana", disse.

Leia Também

O curitibano também criticou festas fechadas de Carnaval. "Você vai nessas festas cara e é tudo um povo babaca, aqueles caras metidos. Camarote, eu não gosto disso. Por isso eu gosto de micareta, na micareta é todo mundo igual, tá com a mesma roupa. Gosto muito mais disso do que essas festas de pegação", comentou. 

Ele também comentou que não curte festas de pegação por presenciar situações de assédio sexual com mulheres. "Tem uns caras que eu distribuiria tapa se eu fosse mulher. Aqui, no Rio tem muito disso, os caras chegam puxando", comentou. 

Larissa então contou uma situação de assédio que sofreu. "O cara se acabando de rir e me chamando de gostosa. Entrou o capeta em mim, fiquei endemoniada, dei uma tapa na cara desse homem que ele rodou. Não levo desaforo para casa não. Como você chega numa desconhecida e dá um tapa na bunda dela? E tem gente que ainda fala que é por causa da roupa, claro que não. Eu nem de roupa curta tava", comentou. " E mesmo se estivesse [de roupa curta]", completou Gustavo. 

"E mesmo se eu tivesse, ele não tinha o direito de ter feito o que ele fez. Nem todo mundo é educado e tem o senso e a lógica", disse Larissa. "Uma coisa que marcou muito minha educação e meu pai fala pra mim sempre desde que eu me conheço por gente, que eu tenho irmã, né? Ele sempre me disse 'nunca faz algo pra uma mulher que tu não gostaria que fizessem pra tua irmã', mas tu nem precisa ter irmã pra criar essa consciência, né?", disse Gustavo. 

** Luiza Lemos é jornalista, especializada na cobertura de entretenimento e celebridades. No iG desde 2020, escreve para o iG Gente, mas já passou pelas editorias de Delas, Queer, Receitas e Turismo. Da praia para a serra, é de Santos e formada na Universidade Metodista de São Paulo. Além de escrever, é sommelier de memes, adora televisão e não deixa uma boa fofoca deixar de ser comentada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários