Maria e Eliezer se beijando
Reprodução/Globo
Maria e Eliezer se beijando

Depois de duas edições com muita treta e pouco romance, o “Big Brother Brasil 22” já formou dois casais: Eslovênia e Lucas e Maria e Eliezer. Enquanto os dois primeiros seguem só nos beijinhos, o outro par  movimentou o edredom no quarto Lollipop da casa e as redes sociais ontem, após a festa do então líder Tiago Abravanel. A carioca chegou a chamar o affair de lerdo por ele demorar tanto a se jogar embaixo dos lençóis com ela enquanto a comemoração rolava no jardim da casa. Preocupado com o julgamento do público, o brother hesitou em partir para o próximo passo na relação, enquanto a sister afirmava que estava confortável com a situação. Eli, no entanto, não demorou a mudar de ideia, e os dois transaram. Do lado de fora, a família de Maria a apoiou.

"Ela é uma mulher livre, e eu acho normal tomar atitude. As pessoas estão acostumadas com os homens fazendo isso e acham uma mulher tomar a frente algo anormal por causa do mundo machista em que vivemos", diz a irmã dela, Gabriela Andrade, que palpita sobre o casal. "Acho legal o carinho entre os dois, combinam bastante. Acredito que seja uma amizade colorida".

Sincerão, o pai de Maria também se manifestou sobre o que viu. "Ela é adulta, sabe o que é certo. Se Maria transou é porque estava com vontade. Tá com vontade de transar, tem que transar mesmo! Quem sou eu pra discriminá-la", disse ele ao programa “A tarde é sua”.

O público comemorou o casal mais saidinho, que elevou a temperatura do “BBB 22”. Até o diretor Boninho já tinha feito piada com o clima de igreja que se instaurava na casa. Precavida, Maria buscou camisinhas na despensa antes de ir para a cama com Eli. A câmera que filma o quarto Lollipop exibiu as movimentações e os suspiros do casal. E, em um momento mais relaxado, o brother chegou a ficar com a bunda de fora.

Fato é que os fãs têm se divertido com os momentos íntimos dos dois, e a família de Eli, que estava preocupado na casa, também não fez críticas ao seu comportamento. Afinal, ele e Maria são livres e desimpedidos. Como confirma, inclusive, o affair que o rapaz tinha aqui fora.

"Antes de o Eli entrar no 'BBB', conversamos e achamos melhor ele ir sem compromisso. É muita responsabilidade", diz Ana Clara, acrescentando que eles não combinaram de reatar após o programa. "Não teve essa de 'estou esperando'. E quero que a gente continue amigo! Torço por ele, que é a cara do 'BBB'. Ainda tem muito a mostrar".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários