Gilberto Braga
Memória Globo
Gilberto Braga


Morreu nesta terça-feira (26) o autor de novelas Gilberto Braga, que marcou época na TV ao escrever "Vale Tudo", um dos maiores sucessos da Globo na década de 80. A informação é do colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo". O carioca, de 75 anos, sofria de Alzheimer e estava internado no Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro (RJ).

Segundo Ancelmo Gois, Gilberto Braga passou a sofrer uma infecção sistêmica, a partir de perfuração do esófago, e não conseguiu resistir às complicações. O autor era casado com o decorador Edgar Moura Brasil.


Gilberto Braga marcou época na teledramaturgia brasileira ao escrever grandes tramas como "Dancin' Days", "Corpo a Corpo", "Anos Dourados", "Celebridade" e "Paraíso Tropical" . Foi com "Paraíso Tropical", inclusive, que o autor conquistou o Emmy Internacional de melhor telenovela no ano de 2008.

Leia Também

Gilberto criou personagens históricos na TV. Odete Roitman, interpretada por Beatriz Segall em "Vale Tudo", e Júlia, que ganhou vida com a atriz Sônia Braga em "Dancin' Days", são lembradas até hoje pelos amantes da teledramaturgia. 

Em agosto deste ano, a Globo decidiu cancelar a produção da novela "Feira de Vaidades", de Gilberto Braga, que assumiria a faixa das 18h na emissora. A trama tinha cerca de 80 capítulos escritos e Gilberto já havia começado a montar o elenco.

Carreira de Gilberto Braga

Gilberto Braga nasceu no Rio de Janeiro e cursou a faculdade de Letras na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Ele deu aulas na Aliança Francesa e atuou como crítico de teatro e cinema no Jornal O Globo. 

Na Globo, a sua estreia foi em 1972 em uma adaptação de "A Dama das Camélias". A primeira novela foi "Corrida de ouro", dois anos depois. Na época, ele dividiu a autoria da trama com Janete Clair e Lauro César Muniz. Em 1978, Gilberto estreou no horário nobre da emissora com "Dancin' Days". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários