Angélica Ramos, eliminada da semana
Reprodução Globo
Angélica Ramos, eliminada da semana

Angélica Ramos  sagrou-se na terça-feira (18) a segunda eliminada de "No Limite". Durante o papo com Ana Clara, no Globoplay , a sobrevivente precisou explicar o fato de no primeiro episódio ter "traído" Mahmoud Baydoun. À situação, o sexólogo assimilou votos Angélica. A conversa terminou com a participante prometendo não votar no rapaz . Entretanto, ela não cumpriu sua promessa.

"Então, na verdade, eu não queria ir com o Mahmoud. Ele me contou uma história que os votos estavam divididos entre eu e ele. Aí, ele me pediu para votar na Peixinho e, estrategicamente, disse que sim. Ele me pediu para votar no André e disse que, estrategicamente, queria entender o motivo. Depois, eu fui falar na Peixinho porque o meu voto não era nem nele, na Gleici , não. O meu voto era no Bil por uma situação particular por um comentário que ele fez", iniciou Angélica .

A sobrevivente, então, explicou que se voltou contra Mahmoud para se defender. "Quando nós saímos do acampamento para ir ao portal, ele falou 'faz o que o seu coração mandar' porque viu que eu estava desconfortável de votar no André. Pensando no jogo, estrategicamente tá entre eu e ele, eu precisava me livrar. Então, eu precisava advogar por mim e votei nele estrategicamente. Não tenho nada contra ele e até falei pra ele que quero que vá na minha casa. Votei nele por uma estratégia para me defender. Surpreendentemente não tive nenhum voto". 

Na edição de "No Limite" desta semana, inicialmente, Angélica empatou em votos com Gleici Damasceno, porém, no desempate Angélica levou a pior. O vencedor do reality show da Globo leva para casa o prêmio de R$ 500 mil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários