Carla Diaz com Ana Maria Braga
Reprodução Globoplay
Carla Diaz com Ana Maria Braga

Carla Diaz, que sagrou-se a oitava eliminada do "BBB 21", concedeu uma entrevista ao "Mais Você" nesta quarta-feira (24). Durante o papo com Ana Maria Braga , a sister falou sobre a briga que teve com Karol Conká no reality.

À situação, a rapper, que estava interessada amorosamente em Arcrebiano, pensava que Carla pretendia roubá-lo. Sob efeito de álcool e com ciúme, Karol iniciou uma briga com Diaz. Ao falar sobre o assunto, a atriz não pestanejou.

"Foi estranho porque eu tive uma troca boa com ela no início, por sermos mulheres, por começarmos cedo na profissão artística e tal. Quando veio a briga, foi uma grande surpresa. Foi lamentável [a atitude dela], mas fico feliz que ela reconheceu e feliz por ela ter pedido desculpas à minha família. Foi bem triste ver o que eles passaram fora do reality", dissertou Carla.

Carla Diaz foi eliminada do "BBB 21" com 44,96% dos votos. Rodolffo teve 44,45% dos votos e Fiuk, 10,59%. Sem Carla Diaz, restam 12 participantes na disputa pelo prêmio milionário (R$ 1,5 milhão).

Um pouco sobre Carla

Antes do reality, Carla já era uma antiga conhecida dos telespectadores, tendo atuado em "Chiquititas", em 1997 a 1999, no SBT. Depois, em 2000, ela interpretou a filha de Jade em "O Clone", da Globo. Após uma passagem pela Record, a atriz voltou à emissora carioca e deu vida a Carine, inimiga número um de Bibi Perigosa, em "A Força do Querer", de 2017.

Antes de entrar no "BBB 21", Carla Diaz interpretou Suzane Von Richthofen no filme "A Menina que Matou os Pais". A obra não estreou no cinema por conta da pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários