Carla Diaz
Reprodução Globoplay
Carla Diaz

Carla Diaz, que sagrou-se a oitava eliminada do "BBB 21" , concedeu uma entrevista ao "Mais Você" nesta quarta-feira (24). Durante o papo com Ana Maria Braga, a sister falou sobre o affair com Arthur.

Questionada se, em algum momento, reparou na que o sentimento não era recíproco, Carla se esquivou. "Eu sentia que havia uma barreira para demonstrar sentimentos. Eu nunca tinha vivida uma relação em que eu ficava ficava 24 horas por dia junto da pessoa. Isso [a falta de carinho] é uma questão dele, é ele quem tem que repensar", iniciou ela.

Insistente, Ana Maria pediu para que a sister se aprofundasse no assunto. Com isso, ela declarou. "Eu estou com a consciência tranquila, sei dos meus sentimentos, das minhas entregas... Claro, em muitos momentos eu reparei [na falta de reciprocidade]? Sim, mas o azar é dele, quem perde é ele". 

Carla Diaz foi eliminada do "BBB 21" com 44,96% dos votos. Rodolffo teve 44,45% dos votos e Fiuk, 10,59%. Sem Carla Diaz, restam 12 participantes na disputa pelo prêmio milionário (R$ 1,5 milhão).

Um pouco sobre Carla

Antes do reality, Carla já era uma antiga conhecida dos telespectadores, tendo atuado em "Chiquititas", em 1997 a 1999, no SBT. Depois, em 2000, ela interpretou a filha de Jade em "O Clone", da Globo. Após uma passagem pela Record, a atriz voltou à emissora carioca e deu vida a Carine, inimiga número um de Bibi Perigosa, em "A Força do Querer", de 2017.

Antes de entrar no "BBB 21", Carla Diaz interpretou Suzane Von Richthofen no filme "A Menina que Matou os Pais". A obra não estreou no cinema por conta da pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários