Thammy e Ana Paula
Reprodução
Thammy e Ana Paula


Thammy Miranda pretende processar a psicóloga Lumena Aleluia por racismo. A participante do 'BBB 21' fez comentários sobre Carla Diaz, se referindo a ela como "cagada na merda da branquitude". Durante o 'Fofocalizando' da tarde desta quinta-feira (18), a Ana Paula Renault disse que a atitude do vereador pode endossar a ideia de que o "racismo reverso" exista.

"Isso só faz transparecer o desserviço que Lumena está prestando lá dentro da casa. Por quê? Porque essa tal de história de racismo reverso não tem muito a ver, não existe. Simplesmente porque foi a branquitude quem oprimiu por centenas de anos os negros, correto? A questão do racismo tem exatamente essa questão de superioridade, de transformar o outro em inferior. Então, a gente tem que falar da escravidão. A escravidão, gente, quer queira, quer não, foi ontem. É muito recente. E a população negra sofreu muito nas mãos de quem? Dos brancos", disse Ana Paula.

"É essa que é a questão. Por isso que não é ético, não é moral, não é legal falar em racismo reverso, porque ele não existe. Simplesmente porque a população preta sempre foi muito oprimida por nós, correto?”, explicou. "Se Carla Diaz tivesse falado o inverso, ela deveria sim sair presa. No caso da Lumena, acho que não é para tanto exatamente por essa dívida histórica gigantesca que nós temos com a população preta", disse a jornalista e ex-'BBB'.

Ana Paula ainda disse que o que falta em Lumena é caráter, já que ela usa uma causa tão importante para brigas e picuinhas pessoais que tem com os outros participantes. "Mau caráter. Uma coisa é Lumena. Vocês não podem pegar uma personalidade, uma pessoa, e ir lá falar por toda a comunidade negra", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários