Globo assume legitimidade de áudio vazado em conversa com o Projota
Reprodução/TV Globo
Globo assume legitimidade de áudio vazado em conversa com o Projota

A Globo divulgou no início da noite deste domingo (07) uma nota confirmando a autenticidade do áudio em que o diretor Boninho aconselha Projota a continuar no "BBB" e diz que Lucas não deveria ter sido selecionado porque "não podia beber".

Abaixo, a nota da Globo:

"Em suas 21 edições, o programa Big Brother Brasil sempre prezou pela saúde e pela segurança dos seus participantes. Toda dinâmica da casa é acompanhada de perto pela direção do programa. Há também uma equipe de médicos e psicólogos, que oferece suporte a todos sempre que necessário. A atuação desses profissionais em apoio à direção começa ainda na fase de seleção dos participantes e segue durante a realização do programa, justamente para lidar com reações imprevistas causadas pela pressão do confinamento, da disputa e do jogo.

Lucas recebeu esse suporte durante toda a sua permanência no BBB21 e seguirá contando com ela após a sua saída. Nesta manhã, a direção do programa falou com os brothers para tranquilizá-los sobre os cuidados com o Lucas, o rígido acompanhamento do jogo e de seus limites e a segurança dentro da casa. Conversas como essas são comuns em momentos sensíveis da disputa, sem que representem interferência no jogo.

Hoje, um áudio, vazado por uma falha operacional, mostrou essa conversa com Projota, que pensara em também deixar o reality. A Globo reitera seu compromisso com um conteúdo de qualidade e com o respeito a seu público e parceiros. A empresa entende que os comportamentos e as discussões geradas no BBB refletem questões em pauta na sociedade brasileira, com as eliminações nos paredões decididas sempre por voto do público. E acredita que a tolerância e o diálogo devem ser sempre a tônica de qualquer relação. Dentro e fora do programa."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários