Aldo Quiroga se recusa a exibir discurso de Bolsonaro na TV Cultura
Reprodução/TVCultura
Aldo Quiroga se recusa a exibir discurso de Bolsonaro na TV Cultura


Aldo Quiroga , âncora e editor-chefe do Jornal da Tarde, da TV Cultura , começou o noticioso desta quarta-feira (11) com um esclarecimento. O jornalista informou que a edição não noticiaria o discurso de Jair Bolsonaro , no qual o presidente chama os brasileiros de "maricas" por temerem a Covid-19.

"Nesta edição, este é o único momento em que você vai ouvir as palavras 'pólvora' e 'maricas'. Uma hipotética guerra entre Brasil e Estados Unidos contraria toda a lógica. Não damos espaço para homofobia , e 162 mil mortos não admitem qualquer adjetivo de palanque, só atitudes de enfrentamento para salvar vidas. Gastamos 30 segundos com o diversionismo de hoje. Agora vamos às notícias que realmente podem mudar a sua vida", disse Quiroga.

No discurso em questão, Bolsonaro minimizou os efeitos do novo coronavírus e disse que todos vamos morrer um dia. "Tudo agora é pandemia, tem que acabar com esse negócio aí, pô. Lamento os mortos. Lamento. Todos vamos morrer um dia, aqui todo mundo vai morrer. Não adianta fugir disso daí, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas ", falou.

Confira o posicionamento do "Jornal da Tarde", da TV Cultura :


    Veja Também

      Mostrar mais