Sikêra Jr é um das figuras mais controversas da televisão brasileira. O apresentador do "Alerta Nacional", da RedeTV!, comanda o jornal com um tom sensacionalista e por várias vezes já se viu no meio de escândalos. A bomba da vez é a briga pública do comunicador com Xuxa Meneghel , mas essa é apenas uma das polêmicas dele. A seguir, relembre alguns casos envolvendo Sikêra que deram o que falar - alguns tiveram até desdobramentos na Justiça. 

Sikêra Jr
Reprodução
Relembre as polêmicas de Sikêra Jr

1- Zoofilia, pedofilia e Xuxa

Recentemente, Sikêra Jr foi criticado por Xuxa após ele dar risada enquanto noticiava um caso de zoofilia. A apresentadora reforçou que estupro de animais não é uma piada, mas algo a ser punido por lei. Em resposta à rainha dos baixinhos, o apresentador criticou o livro infantil "Maya: bebê arco-íris", escrito pela mãe de Sasha, que conta a história de uma menina com duas mães. O funcionário da RedeTV! associou a loira à pedofilia e ao vício em drogas , além de dizer que ela está levando as crianças para a "pu***ia". Após isso, Xuxa lançou a campanha "Zoofilia não é piada, é crime", que já tem o apoio de diversos famosos , e entrou na Justiça contra Sikêra.

2- Processos por LGBTfobia

Em mais de uma ocasião, Sikêra Jr teve falas LGBTfóbicas no Alerta Nacional. O apresentador  foi condenado a pagar R$ 30 mil à ativista Viviany Belboni, que ficou famosa ao performar na Parada LGBTQI+ de São Paulo vestida como Jesus crucificado. Ele se referiu à artista usando palavras como "lixo", "bosta" e "raça desgraçada". Além disso, Sikêra e a RedeTV! foram denunciados no Ministério Público pela Associação dos LGBTQI+ por tentar "associar drogas e substâncias entorpecentes ao grupo, promover discurso de ódio e transfobia, com intuito meramente de ganhar audiência". O MP pode aceitar a denúncia ou não.

3- Política

Quando ainda apresentava um programa local do estado do Amazonas, Sikêra se envolveu em uma polêmica com o mundo da política. Em 2019, o apresentador noticiou o caso da morte do engenheiro Flávio Rodrigues. Ele foi encontrado morto em uma área de mata após participar de uma festa na casa de Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama Elisabeth Valeiko e do prefeito Arthur Neto (PSDB). O apresentador acusou o político de estar tentando proteger o filho e chamou Alejandro de "criminoso" e "drogado". A primeira-dama entrou na Justiça e conseguiu com que todos os comentários de Sikêra saíssem do ar. 

4 - Briga com a concorrência

Sikêra Jr também já se desentendeu com outros apresentadores que comandam programas semelhantes ao dele. Em entrevista ao Na Telinha, ele criticou Geraldo Luís . "Eu não gosto do Geraldo Luís, não gosto dele, não acho ele legal na TV. Ele não olha nos olhos do entrevistado, acho isso um defeito horrível. É a mesma coisa de conversar com alguém com um celular na mão digitando. É uma falta de respeito muito grande. Agora o pessoal que trabalha com ele tá metendo o pau nele", disse. Sikêra também já sofreu críticas, João Eduardo, apresentador da Record da Bahia, chamou o funcionário da RedeTV! de mentiroso. "Tem um apresentador aí que mente, mente porque já nasceu mentiroso e precisa da mentira para subir. E através de mentiras, enganando a população, ele vai subindo de pouquinho em pouquinho", falou ao vivo.

    Veja Também

      Mostrar mais