Sikêra Jr e Xuxa
Divulgação
Sikêra Jr e Xuxa

Sikêra Jr foi denunciado junto ao Ministério Público de São Paulo pelos ataques que teceu a Xuxa Meneghel no "Alerta Nacional", na última sexta (23) . Durante o programa, o apresentador associou a Rainha dos Baixinhos à pedofilia por lançar um livro infantil sobre uma criança com duas mães.

O autor da denúncia, Agripino Magalhães, é ativista dos direitos da população LGBTQI+ e já acionou a Justiça contra Sikêra Jr em outras ocasiões.  O apresentador da RedeTV! já foi condenado por LGBTfobia por chamar uma modelo transgênero de "raça desgraçada".

" Sikêra ataca brutalmente e de forma homofóbica Xuxa Meneghel. O tal apresentador abusa de um trecho do livro da apresentadora de forma desproporcional, LGBTIfóbico e ilegal para disseminar ódio em rede nacional de televisão contra a população LGBTI+. A passagem do livro fala do amor entre duas mães lésbicas que se amam", deliberou o ativista, com base na lei estadual 10.948, segundo o NaTelinha .

Entenda a briga

Há alguns dias, Xuxa criticou Sikêra por exibir zoofilia e rir do crime na TV. Em rebate a apresentadora, ele descontou no livro "Maya: bebê arco-íris" e disse que ela estava levando as crianças para a "p*taria" com a história de uma menina com duas mães.

    Veja Também

      Mostrar mais