O clima na redação de jornalismo da Record TV não está dos melhores, depois da  volta de Reinaldo Gottino causar ciumeira entre os colegas da casa, há jornalistas insatisfeitos com a decisão da emissora de Edir Macedo de fazer uma cobertura morna sobre a Covid-19. Segundo o Notícias da TV , a apresentadora Adriana Araújo tem brigado nos bastidores para isso mudar.

Adriana Araújo
Reprodução/Record
Adriana Araújo não tem gostado da linha editoria seguida pela Record TV

A jornalista, que foi uma das grandes apostas da emissora em 2006 – sendo contratada para ser âncora do “Jornal da Record”, que tenta se assimilar ao “Jornal Nacional” – está insatisfeita com a cobertura sobre o novo coronavírus. Enquanto a Globo dedica boa parte do seu noticiário a notícias e informações sobre a pandemia, a concorrente evita histórias dramáticas e críticas ao governo. A orientação teria sido do próprio Edir Macedo, que possui certa proximidade com o presidente Jair Bolsonaro.

Leia também: Record acusa homem sem provas e discussão ao vivo no "Cidade Alerta" viraliza

O que teria irritado a cúpula da Record TV é que Adriana Araújo postou um vídeo no Instagram reclamando da falta de agilidade do governo em divulgar o número de infectados e mortos pelo novo coronavírus. Ela também fez questão de passar os dados atualizados aos seguidores, já que Bolsonaro definiu que os números oficiais seriam divulgados às 22h, depois que os principais telejornais do país já foram exibidos.


De acordo com o Notícias da TV , a jornalista também estaria mudando os textos que lê no ar para ver se consegue uma rescisão contratual.  Adriana Araújo virou assunto recentemente por chorar ao vivo e depois ser afastada do “Jornal da Record”. Caso saia da Record TV, há grande possibilidade da apresentadora ser contratada pela CNN Brasil.

    Veja Também

      Mostrar mais