Tamanho do texto

Há alguns meses a emissora vem demitindo e reduzindo salários de seus funcionários, intenção e começar o ano com a cobiçada Uma Só Globo

Não é de hoje que os cortes na Globo  geram climão nos bastidores da emissora. Há algum tempo, por exemplo, o iG noticiou que as demissões em massa no Rio de Janeiro deixaram um clima de tensão na filial de São Paulo. Recentemente, este sentimento foi confirmado após o colunista Ricardo Feltrin divulgar que o diretor de jornalismo do canal, Ali Kamel, teve reuniões com jornalistas paulistanos que estavam reclamando da diminuição de quadro de funcionários e das mudanças no plano de saúde. 

Leia também: Tensão na Globo! Demissões teriam gerado choro e caos nos corredores da emissora

Globo arrow-options
Divulgação
Globo

Leia também: Cortes na Globo afetam programa do Faustão; saiba detalhes

Apesar de o processo de reestruturação da Globo , que tem como objetivo unificar todas as empresas do grupo, acontecer, de certa forma, de maneira pública, alguns funcionários pretendem fazer algo para estamcar as reduções. Segundo Ricardo Feltrin, está circulando nas redes e grupos de mensagem de funcionários uma convocação para o ato de protesto na emissora no dia 10 de janeiro, em SP.

Leia também: Cortes na Globo geram reclamações de jornalistas para Ali Kamel

Ao que parece, o protesto seria contra mudanças em planos de saúde, demissões e cortes feitos e ou anunciados pelo canal. "Os funcionários da Globo vão fazer história! No dia 10/01/2020 faremos uma paralisação geral. Fecharemos as duas entradas da TV São Paulo para reivindicar nossos direitos", diz o comunicado citado.