Tamanho do texto

Além das demissões, profissionais cobraram o diretor Ali Kamel sobre a mudança do plano médico e a relação do canal com o presidente da república

Não é de hoje que os cortes na Globo tem mudado o tom nos corredores da emissora. Há algum tempo, por exemplo, o iG Gente noticiou que as demissões no Rio teriam deixado um clima de preocupação na redação de São Paulo. 

Leia também: Repórter Sandra Passarinho deixa a Globo após 50 anos

Ali Kamel arrow-options
Divulgação
Ali Kamel

Prova disto é a recente cobrança de jornalistas dirigidas a Ali Kamel , diretor de jornalismo da Globo em São Paulo. Segundo o colunista Mauricio Stycer, cortes de pessoal, mudança no plano médico e a conturbada relação do canal com o presidente da república Jair Bolsonaro   estariam entre as queixas mais frequentes.

Leia também: Jornalista da Globo se demite após 23 anos na emissora; saiba as razões

Em reuniões realizadas na última terça (17) e quarta-feira (18), Ali Kamel teria acalmado a equipe, explicando que a redução do quadro tem relação com a reestruturação da emissora.

O diretor também falou sobre o novo plano de saúde da empresa. Ao que parece, a mudança, para pior, deixou grande parte dos jornalistas insatisfeitos. 

Leia também: Após demissões, Globo reduzirá salários milionários de famosos

Durante a conversa, Kamel também questionado sobre a relação tempestuosa entre a Globo , o presidente Jair Bolsonaro e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Sobre isso, defendeu a postura da empresa, afirmando que a mesma continuará fazendo jornalismo com serenidade, sem ligar para ataques".