Há vinte cinco anos na TV, Catia Fonseca assumiu um novo papel. Na última quinta-feira (08) ela estreou no teatro a peça "Melhor da Noite" ao lado de Diego Becker, que tem o personagem Casemiro Amado em seu programa na Band  e Guilherme Uzeda, a Tia do “Mulheres” – programa que Catia comandava na Gazeta. Ao iG Gente , a apresentadora contou detalhes da produção e de sua carreira.

Leia também: Passando por cima de rusga antiga, Cátia Fonseca e Leo Dias selam paz

Catia Fonseca estreia nos palcos com stand-up
Leandro Teixeira
Catia Fonseca estreia nos palcos com stand-up

“É uma peça de humor. Tínhamos a ideia de cada um ter seu espaço no palco. Hora sozinho, hora todos juntos. Temos uma linha de raciocínio, mas cada um indo como a plateia for reagindo e improvisando, igual na TV”, conta Catia Fonseca .

Diferente das peças tradicionais, o “ Melhor da Noite ” não precisou que eles ensaiassem durante três ou quatro meses, pois o intuito da peça é ter uma aproximação com o público , o que é difícil tendo uma rotina extensa na TV. “Nós percebemos o quanto o público tem um carinho pela gente, mas não tem esse contato direto”, fala.

Catia tem como companhia na peça dois humoristas, sendo um deles o Guilherme Uzeda  , a Tia que participava do “Mulheres” com ela e com a Mamma . Para quem acompanhou o trio na Gazeta , o espetáculo pode ser a oportunidade de vê-las juntas novamente. “Estamos tentando levar a Mamma junto no stand-up”, revela.

A fim de firmar sua marca na Band , o nome da peça remete ao seu programa na emissora. “Estávamos atrás de um nome e eu perguntei ‘o meu programa já Melhor da Tarde , porque não colocamos Melhor da Noite?’ e ficou assim”, explica.

A apresentadora também conta que esse nome saiu do nada e que agora o público tem os três  em dose dupla nas quintas-feiras de agosto: “Achamos que pudesse trazer algo legal com as pessoas e agora temos o ‘Melhor da Noite’, porque a tarde eu, Miro e a Tia estamos na TV”.

Leia também: Merchandising, papo com Datena e Metallica na estreia de Cátia Fonseca na Band

A carreira na TV

Catia Fonseca revela não fazer muitos planejamentos para sua carreira
Reprodução/Instagram/@catiafonseca
Catia Fonseca revela não fazer muitos planejamentos para sua carreira

Aos 16 anos, Catia já sabia que queria seguir como apresentadora, mas foi só depois de oito anos que teve a oportunidade de entrar para a área. Sua primeira oportunidade foi na extinta  Rede Mulher . Desde então, ela não parou um dia sequer e já teve programas em algumas emissoras como na Rede Manchete , que também não existe mais.

Catia também passou duas vezes pela TV Gazeta – a primeira vez de 1998 a 1999 e a segunda vez de 2002 a 2018 –, foi para RecordTV  , onde ficou no lugar de Ana Maria Braga , e atualmente tem seu espaço nas tardes da Band  .

“Se você olhar para minha vida profissional, tudo foi de surpresa. Entrei na televisão na Rede Mulher de surpresa, de sexta pra segunda. Depois eu entrei no 'Pra Você' de uma vez. Sai da Gazeta naquela época de uma sexta pra segunda. Ir pra Band foi a mesma coisa”, revela.

Com tantas mudanças, Catia revela não fazer muitos planos e estar sempre aberta a novos desafios. “Não sou uma pessoa de ter planejamento muito fixo. Eu tenho alguns planos a curto, médio e longo prazo e estou aberta a novas opções de trabalho”, conta.

Mudança para Band pegou fãs e imprensa de surpresa
Reprodução/Instagram/@catiafonseca
Mudança para Band pegou fãs e imprensa de surpresa

A mudança para a Band pegou todos de surpresa, pois ela já havia chegado a negar a transição semanas antes: “Minha preocupação era maior porque eles me chamaram em 13 de dezembro e eu já tinha gravado os programas de fim de ano da Gazeta  , os especiais da emissora e do ‘Mulheres’. Eu não pensei só em mim, mas também na casa que eu fiquei por 15 anos”, explica.

Esse foi um dos motivos da Bandeirantes não ter feito tanta divulgação do “Melhor da Tarde”, pois a Gazeta poderia usar sua imagem até fevereiro de 2018 – que foi quando aconteceu, de fato, a mudança.

“Eles me avisaram que por causa disso não poderiam fazer muita divulgação do programa. E ao invés de aproveitarem o ‘boom’ da notícia da minha mudança, se colocaram no lugar da Gazeta ”, relembra.

Há um ano e meio com o programa no ar, Catia revela que todo dia é um novo aprendizado. Levou oito meses para definirem o público alvo do “Melhor da Tarde”, o que gerou muitas mudanças na atração: “Muitas alterações foram feitas, estamos conquistando aos poucos aquele hábito de assistir ao programa de tarde. Então isso é o que eu tenho gostado, de fazer coisas diferentes e modificar de acordo com o público da época”.

Por estar a tanto tempo comandando programas, Catia ganhou o título de Rainha do Merchandising na imprensa. “Isso pra mim é fantástico! Ser vista como uma pessoa que se dedica a outra empresa além da que eu já trabalho é incrível. É o reconhecimento de um trabalho”, conta com orgulho.

Catia sem Mamma

Catia revela como foi quando Mamma saiu do
Reprodução/Youtube
Catia revela como foi quando Mamma saiu do "Mulheres"














Mamma Bruschetta sempre foi sua companheira de programa na Gazeta , e durante todo o tempo que ficaram juntas na emissora o público conseguia sentir a conexão da dupla. Ao falar da ida de Mamma para o SBT  , Catia não esconde sua felicidade pelo caminho que a colega tem traçado.

“Eu estava de férias em Portugal, então ela me ligou e falou que tinha recebido o convite do SBT , foi uma choradeira e uma felicidade. Ela sempre esteve na minha casa, com a minha família, sempre tivemos uma ligação fora da TV, mas ao mesmo tempo era uma grande oportunidade para ela”, conta.

Ela também relembra que continuar o programa sem a amiga foi tranquilo, pois sua maior preocupação era de que a colega ficasse bem. Mas também sabia que podia confiar no Silvio Santos para que isso acontecesse: “Silvio sempre amou a Mamma, ele gosta demais dela e eu sabia que ele ia cuidar bem dela, como eu fazia na Gazeta ”.

Quando questionada sobre a saudade da Mamma, Catia Fonseca revela que não é muito saudosista, nem apegada: “Acho que tudo na vida da gente tem um ciclo e fases, nada apaga o que vivemos”.

Mesmo sendo desapegada, a saudade da Gorda, como ela chama a amiga, está sempre presente em seus dias. “Sinto saudade de poder conviver mais com ela e o que fazíamos no ar é o que fazemos fora da TV quando nos encontramos”, conta em meio a gargalhadas.

“Melhor da Tarde” vs. “Mulheres"

Catia ressalta não ter problemas com Regina Volpato
Reprodução/Instagram/@catiafonseca/@reginavolpato
Catia ressalta não ter problemas com Regina Volpato

Seu atual programa passa no mesmo horário que a atração que comandou durante 15 anos e, querendo ou não, os dois programas disputam a mesma audiência. Para Catia, isso serve para estimular a criação de novos projetos: “Eu não vejo muito como concorrência, mas sim como cada um dando seu melhor para criar novos projetos. Precisamos entender cada período e continuar correndo atrás”.

Catia Fonseca  também ressalta não ter nenhum problema com Regina Volpato – que atualmente comanda o “Mulheres”. “Eu indiquei a Regina para cobrir minhas férias no programa e até me perguntam ‘você tem problema com a Regina Volpato?’, mas que problema que eu teria, se ela foi pra cobrir minhas férias? Por isso que aprendemos a não ver os programas como concorrentes”, conclui a apresentadora.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários