Tamanho do texto

Jornalista participou do programa do GNT e comentou sobre saúde mental. Nova temporada teve temas escolhidos pelo público

Pedro Bial foi um dos convidados na nova temporada de “Quebrando o Tabu”, que estreou na última segunda-feira (05) no GNT. A atraçaõ, que teve início como uma página no Facebook, hoje reúne 14 milhões de seguidores em suas redes. Com isso, eles usaram essas ferramentas para pedir aos seguidores que propusessem temas para o novo ano.

Leia também: Pedro Bial dá selinho em Pabllo Vittar e dispara: "Estou meio Hebe hoje"

pedro bial é entrevistado arrow-options
Divulgação/GNT
Pedro Bial é um dos entrevistados da nova temporada do GNT e falou sobre depressão no programa de estreia

Dentre as opções sugeridas, foram selecionados os assuntos: depressão, masculinidade, adoção, religião e política, drogas, privilégios, liberdade de expressão e discurso de ódio, e humanos versus robôs. A saúde mental foi debatida logo no primeiro episódio, que contou com Pedro Bial falando sobre sua relação com a doença.

"Chame de doença mental, chame de sofrimento psíquico, chame de patologia psicólogica/psiquiátrica, chame como quiser, mas a reconheça como um joelho quebrado, uma dor de barriga”, falou o jornalista, que afirmou ter sofrido de depressão por volta dos 40 anos.

Leia também: Jornalista do SBT sobre liberdade de imprensa: "Momento muito difícil"

O rapper Baco Exú do Blues também falou sobre depressão e sua relação com raça: Baco Exu do Blues fala sobre a problemática negra: "Eu tenho uma teoria de que todo negro sofre depressão, grandes traumas, indignação. Existe um discurso de que a problemática negra é só financeira. Não, é mental. Financeira, também”, refletiu.

Leia também: Ao falar de refugiados, Pedro Bial defende política migratória brasileira

Além de Pedro Bial e Baco, a nova temporada de “ Quebrando o Tabu ”, com oito episódios, promete elevar o nível do debate com análises profundas e racionais dos assuntos escolhidos. O ator americano Terry Crews, o escritor Andrew Solomon, de "O Demônio do Meio Dia", finalista do Prêmio Pulitzer, o jornalista Glenn Greenwald e a deputada federal Tabata Amaral, são alguns dos nomes que participarão da série.