No "Jornal da Band" da última sexta-feira (10) mostrou o editorial do Grupo Bandeirantes a respeito das reações ao decreto das armas assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. Na opinião da emissora, o público entende de maneira errada a decisão sobre o armamento.

Leia também: Mãe de Ricardo Boechat fala sobre ausência do filho: "Coração está apertado"

Boechat
Reprodução Instagram
Nome de Boechat vira um dos assuntos mais comentados do Twitter após "Jornal da Band"


Nas redes sociais, o editorial da Band  defendendo o decreto das armas irritou os internautas e fez com que o nome de Boechat , que era âncora do principal jornal da emissora antes de morrer em um acidente de helicóptero, se tornasse um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Veja o editorial:


Alguns usuário citaram que o jornalista jamais aceitaria ler esse decreto durante o "Jornal da Band", outros citaram que ele pediria demissão do Grupo Bandeirantes por conta da opinião.

Leia também: Um mês após a morte de Ricardo Boechat, Band ainda tenta se reerguer


Ricardo Boechat  morreu em fevereiro desse ano após sofrer um acidente de helicóptero em São Paulo. O jornalista era âncora do "Jornal da Band " e considerado por muitos como um dos melhores jornalistas brasileiros.

    Veja Também

      Mostrar mais