Tamanho do texto

Após dois meses na faixa dominical, programa deve retornar para a faixa nobre das terças-feiras; audiência em queda motiva a mudança abrupta

Em 2014, a Band deu um novo tom a programação televisiva de terça-feira ao colocar um talent show culinário na faixa das 22h30. Cinco anos após sua estreia, “MasterChef” provou-se digno de um tratamento VIP ao conquistar a melhor audiência da casa.

Leia também: Um mês após a morte de Ricardo Boechat, Band ainda tenta se reerguer

Jurados do Masterchef e Ana Paula Padrão
Divulgação / TV Band
Sucateado, "MasterChef" perde posto de "trunfo" da Band e vira "pepino" na programação

Sem grandes pausas, uma temporada sucede a outra - seja ela disputada entre profissionais, crianças ou inexperientes. Porém, após cinco anos, “ MasterChef ” saturou e começou a provar-se não mais um trunfo, mas um pepino, um problema a ser resolvido.

Leia também: Band desfaz programação e não consegue cativar seu público

Falar de audiência e da emissora da Família Saad é resvalar em um assunto frágil e delicado, ao qual um 4 pode ser interpretado como bom número, levando relação em que em seus piores dias algumas produções como as sessões de cinema e a novela turca, “Minha Vida”, esbarram em pontuações como 2, 2.5 e nos piores cenários, 1.

Ricardo Boechat
Reprodução / TV Band / Instagram
Ricardo Boechat

Consolidado como um 4, ou seja, digno de tratamento vip na programação, o programa culinário pode até estar saturado, mesmo assim, continua gerando engajamento social e garantindo um dos melhores números da casa, perdendo apenas para situações extra-especiais, como a morte de Ricardo Boechat que alavancou os números do “Jornal da Band ” de 3.1 para 8.3 e outras ocasiões.

Ainda sobre a gestão de Marcos Antonio Zago, a programação da emissora resolveu fazer uma espécie de transfusão de números e levar seu melhor “cavalo” para competir no páreo dominical. Mesmo sob as manchetes dizendo “após estudos” ou “depois de análises Bandeirantes decide mudar dia do programa gastronômico”, a alteração provou-se um péssimo movimento, já que o dia mostrou-se mais competitivo do que esperavam. Ou seja, o garanhão acabou declinando ao título de azarão em dois tempos, amargando 2.7 pontos, perdendo até para o “Encrenca”, da RedeTV! , que vem marcando 6.

No início de abril, a emissora passou por uma reformulação que assustou um pequeno grupo de funcionários, mais especificamente da programação. O gestor Marcos Zago foi redirecionado para a Opec e em seu lugar entrou o ex-diretor de programação da Globo , Antonio Zimmerle.

Participantes do
Divulgação
Participantes do "MasterChef Brasil 2019"

Ao iG Gente , Giovana Freitas comentou que o grande medo era saber se Zimmerle levaria um grupo de pessoas consigo e como Marcos Zago faria para realocar o pessoal da programação na Opec: “Ficou às escuras. Não sabíamos como seria até acontecer”.

Independente disso, segundo especulações, Zimmerle já estaria se organizando para retirar o programa do domingo e devolvê-lo às terças, onde começou e consolidou-se. O objetivo é claro: recuperar o que foi perdido. Resta saber o que será do programa “Para Tudo” de Ana Paula Padrão que ficou no lugar da atração.

Altamente saturado, com deficiência numérica e dificuldades para competir, inclusive com a RedeTV! , com a qual trava uma batalha estratégica, o programa culinário vem perdendo seu status de realeza e virando um problema para a emissora. As soluções que vêm surgindo na internet, é que, além da mudança de horário, a emissora apostará em uma outra vertente do show: All Stars, uma versão onde os participantes mais marcantes de outras temporadas retornam para tentar conquistar o título de melhor cozinheiro do Brasil.

Jurados e apresentadora
Divulgação / TV Band
"MasterChef" chega à décima temporada sucateado e como problema para a Band

Leia também: "Masterchef" dominical apresenta ganhos tímidos e relativos na audiência da Band

Perdendo seu tratamento VIP na TV, “ MasterChef ” está sendo sucateado a olhos nus. Levando em relação que o programa é o melhor da casa, isso pode ser um indicativo infeliz de que tempos piores estão por vir.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.