Tamanho do texto

Boninho, diretor geral do "BBB19", se incomodou com as críticas que o progama recebeu e resolveu comentar sobre o assunto nas redes sociais

A noite da última terça-feira (19) foi de altas emoções no “BBB19", exibido pela Globo. Tudo isso porque Danrley foi oitavo eliminado do programa, em uma disputa contra Carolina e Paula, com 61,21% dos votos.

Leia também: Resistência do elenco às brigas desafia tolerância da audiência ao "BBB 19"

Coluna Bastidores destaca Big Brother Brasil, mundo dos famosos e programação de ano novo
Divulgação / Reprodução Instagram / TV GLOBO / Montagem
Coluna Bastidores destaca Big Brother Brasil, mundo dos famosos e programação de ano novo


No Twitter, Boninho, diretor geral do “ BBB19 ”, se pronunciou sobre a votação recorde. “Putz, 150 milhões e ainda falta um mês, ainda não é a final, ainda tem muito chão pela frente... É 'BBB' movimentando. Ame ou odeie. Tks de qualquer jeito!”, publicou.

Leia também: Paredão de afirmação pode gerar mudança na dinâmica dentro da casa do "BBB 19"

No ano passado, algo parecido já havida acontecido em um tenso paredão entre Diego, Jéssica e Gleici, também no oitavo paredão daquela edição. Mesmo sendo líder em conjunto com a Família Lima, a acreana foi indicada por meio do Big Fone.

Diego foi indicado pelos líderes e, Jéssica, pelo voto dos participantes. Na ocasião, o recorde de votação foi de 42 milhões de votos do público, que acabou eliminando Diego, com 81,7% de votos.


Antes se sair da casa, Danrley se emocionou e abraçou os colegas. “Isso aqui está sendo muito importante”, declarou. Nascido e criado na Rocinha, no Rio de Janeiro, o rapaz foi o participante mais jovem da edição. Ao entrar na casa, o estudante de Biologia e vendedor de picolé afirmou que entrou no reality para dar uma melhor aposentadoria para a mãe.

Logo na primeira semana, o jovem conquistou a imunidade ao lado de Gustavo, escapando do Superparedão, em que todos os habitantes da casa mais vigiada do Brasil estavam indicados. Na primeira disputa, Vinicius foi o primeiro eliminado pela votação popular.

Leia também: Danrley nega vitimismo no "BBB 19" e contra-ataca: "ouvi comentários racistas"

Desde o começo da atração comandada por Boninho , Danrley sempre se destacou nas festas com seus passinhos de dança, ao lado dos colegas de confinamento. Na noite de ontem, Elana, Gabriela e Rodrigo choraram com a eliminação.

Este último, inclusive, foi consolado por Alberto, o participante italiano. “Danrley não ficaria feliz de te ver assim”, disse o loiro.

Após a comoção com a oitava eliminação do " BBB19 ", os brothers voltaram a focar no que realmente interessa: o jogo. Paula, inclusive, acha que Elana deve parar de perseguir Carol Peixinho, que pensa diferente. “Claro que não. Ela não tem outro voto, vai ser em mim e em Alan”, disparou a publicitária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.