Tamanho do texto

Elenco do programa vem resistindo com facilidade aos artifícios da produção que fomentam conflitos; Tiago Leifert também vem interferindo na edição

Caminhando para sua sexta semana, o “BBB 19” têm provocado insatisfação na direção da Rede Globo que, por meio de dinâmicas e jogos, vem tentando forçar conflitos dentro da casa mais vigiada do Brasil. Driblando a direção, o elenco têm resistido às investidas e provocado reações na internet, que refletem como pressões na alta cúpula do programa.

Tiago Leifert, apresentador do
Divulgação
Tiago Leifert, apresentador do "BBB 19"

O primeiro artifício usado pela direção do " BBB 19 " para esquentar os ânimos no reality foi a estreia do quadro Big Treta Brasil, que simula conversas no WhatsApp com intuito de aumentar fofocas e fomentar reclamações um sobre o outro. No entanto, os brothers evidenciaram seus desconfortos sobre seus colegas e os resolveram ali mesmo.

Com  déficit de engajamento social em suas primeiras semanas, após algum tempo a atração ganhou os olhos de uma parcela da internet. No entanto, a escassez de brigas resultou em uma corrente de reclamações e sugestões para esquentar o jogo direcionadas para Boninho, diretor geral do programa, que dia e noite tenta estimular o público via Twitter.

Em penitência pelo mau entretenimento proporcionado, a produção da Rede Globo realizou uma sucessão de movimentos para gerar brigas no programa.

Na terceira semana, por exemplo, Tiago Leifert discursou sobre a falta de atitude dos confinados. O apresentador contou a história de um rato que tomava choque na primeira experiência científica, porém, quando ganhou o direito de ser livre, preferiu continuar na gaiola, pois não sentia-se segurou para sair do ambiente.

“Como vocês aí calculam o risco de não fazerem nada? A gente sabe qual o risco de quem faz: às vezes ganha, às vezes perde, mas... Fazer nada? Tem um risco enorme também. Como vocês calculam o risco de não fazer nada?”, disse.

Outro ponto que podemos destacar é a presença do contador de brigas, que vira-e-mexe aparecia no programa, enquanto os brothers, ao fundo, desfrutavam da casa deitados, pensativos e, possívelmente, entediados.

Recentemente, os brothers ficaram sem a festa da semana, tiveram de ficar acorrentados por dias, participaram de votação aberta e muito mais. Para infelicidade da produção, eles resistiram a isso com leitura de livros, roda de elogios, orações coletivas e tardes de sono ou seja improvisaram um verdadeiro retiro de paz.

Até a participante  Isabella, que reclamou do ronco de Rodrigo, gerando um debate racial nas redes sociais não desceu do salto. Aparentemente incomodada, a participante preferiu chorar na hora de dormir do que protagonizar a tão cobiçada briga.

Na internet, Boninho tenta conter a fã base, que além de chamar a edição de “BBB da Paz” e “BBB das Plantas”, sugere iniciativas para romper o clima de férias dentro da casa mais vigiada do Brasil . Tuítes como: “Fazemos um Big Boss perguntando se o voto no domingo é aberto ou fechado?”, “Atendendo pedidos.. festa fora” e “Amanhã tem jogo da discórdia. Fogo a gente faz com paciência”, são destaques na conta do executivo.

A probabilidade de o “ BBB 19 ” contornar a situação é mínima, já que o problema não está nas estratégias e sim na escolha do elenco.  Para piorar, os brothers-bomba, participantes com chance de estourar uma briga, já deixaram a casa, são eles: Diego, Vinícius, Gustavo e Hana. Todavia, a edição ainda têm Paula que, apesar dos comentários de teor racista , vem ganhando protagonismo na temporada.

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.