Tamanho do texto

Fátima Bernardes se comoveu com o tragédia, prestou solidariedade no Instagram e levantou reflexões sobre o assunto durante o "Encontro"

Fátima Bernardes dedicou esta quinta-feira (14) para prestar solidariedade às famílias e aos amigos das vítimas da tragédia em Suzano, São Paulo. O caso em questão, aconteceu na última quarta-feira (13), quando dois jovens atiradores invadiram uma escola local, e dispararam contra alunos e funcionários, resultando em 10 mortes - incluindo a dos assassinos - e 11 feridos.

Leia também: Fátima Bernardes chora ao falar com mãe de vítima da tragédia do Flamengo

Foto compartilhada por Fátima Bernardes sobre o massacre de Suzano, em São Paulo
Reprodução/ Instagram
Foto compartilhada por Fátima Bernardes sobre o massacre de Suzano, em São Paulo

Com o Brasil de luto, Fátima Bernardes usou seu Instagram nesta manhã para falar sobre o assunto. “Ontem fiquei sem Instagram. Mas não queria deixar de registrar minha solidariedade às famílias e aos amigos das vítimas do massacre na escola Professor Raul Brasil, em Suzano” escreveu a apresentadora numa foto em que aparece pessoas acendendo velas para as vítimas do massacre que chocou o País.

Leia também: Quais os prós e contras da Globo transferir o "Encontro" para as tardes

Ela prosseguiu a legenda com o seguinte questionamento: “Precisamos refletir sobre onde estamos falhando como sociedade. Por que temos visto crescer essa onda de violência?”, que foi pauta do “ Encontro ” nesta manhã.

No palco de sua atração na Globo , que não foi exibida na última quarta-feira (13) por conta da cobertura da emissora sobre o caso, a jornalista começou dizendo que ela e a equipe estão tristes com o acontecido. Ela também mostrou as vítimas fatais da tragédia em Suzano e explicou alguns detalhes sobre o caso.

Entre os convidados do "Encontro", um psicólogo e um diretor de uma ONG que trabalha no combate aos os crimes contra os Direitos Humanos na internet, estavam presentes para refletirem sobre o assunto do dia.

Leia também: Fórmula exaurida e temas repetidos esgotam "Encontro com Fátima Bernardes"

Fátima Bernardes dedica o
Reprodução/ Globo
Fátima Bernardes dedica o "Encontro" para refletir sobre a tragedia de Suzano, em São Paulo

Além de falar sobre o acontecido em Suzano, a apresentadora também levou ao palco uma vítima, Thayane, que ficou paraplégica após levar dois tiros, do massacre na escola de Realengo, no Rio de Janeiro, em 2011. O tema foi abordado com exemplos de outros casos como este, relatos da jovem Thayane, além de reflexões de Fátima Bernardes e seus convidados do dia, que deixaram o clima de tristeza em evidência.